Palmeiras eterniza São Marcos e inaugura busto no Palestra Italia

O Santo foi o quinto atleta na história do clube a receber tal honraria – após Junqueira, Waldemar Fiúme, Ademir da Guia e Oberdan Cattani

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

O dia 12/12 sempre foi sagrado para os devotos de “São Marcos”, mas a data em 2015 ganhou um significado ainda mais especial para a torcida alviverde. Sob gritos de “melhor goleiro do Brasil”, o eterno camisa 12 do Palmeiras foi eternizado nas alamedas do Palestra Italia, às 12h12 deste sábado, com um busto em sua homenagem.

Visivelmente emocionado, Marcos precisou conter as lágrimas ao discursar depois de o presidente Paulo Nobre revelar a peça de bronze, localizada ao lado de Oberdan. Os vice-presidentes Mauricio Galiotte, Genaro Marino, Antonino Jesse Ribeiro e Victor Fruges, além da família do ex-goleiro, também participaram da cerimônia de homenagem. Marcos se declarou “um cara de sorte” por manter até hoje a idolatria da torcida, que compareceu em peso ao clube.

“Estou muito feliz e honrado. Poucos conseguem uma homenagem como esta. Só tenho a agradecer, muito obrigado a todos. O que eu tive foi a felicidade e a sorte de vestir a camisa do time que eu torcia por 20 anos. A gente ensaia tanto para falar algo e esquece tudo (risos). É uma honra. Eu, saindo de Oriente (cidade natal, no interior de São Paulo), jamais achei que teria isso aqui na Sociedade Esportiva Palmeiras”, disse ele.

Marcos é o quinto atleta na história a receber um busto no Palestra Italia. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Marcos é o quinto atleta na história a receber um busto no Palestra Italia. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Marcos está entre os dez atletas que mais vestiram a camisa do Palmeiras na história. De 1992 a 2012, quando se aposentou, o goleiro disputou 532 jogos. Em 1999, assumiu a titularidade durante a Libertadores e levou o time ao título, conquistando de vez seu espaço no coração dos palmeirenses. Ainda conquistou dois Brasileiros (1993 e 1994), três Paulistas (1994, 1996 e 2008), uma Copa do Brasil (1998), um Rio-São Paulo e uma Copa dos Campeões (2000) pelo clube.

A construção do busto em homenagem a Marcos foi aprovada pelo Conselho Deliberativo e pelo Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras em janeiro de 2012 – a empresa TransForma Design foi responsável pela modelagem e confecção da peça de bronze. Sempre bem-humorado nas entrevistas, o goleiro atendeu aos torcedores, tirou fotos e ainda deu alguns autógrafos. Na despedida, brincou com os presentes no evento de inauguração.

“Sei que meu forte nunca foi a beleza, então está parecido comigo. Está simpático. A gente se vê por aí. Ou então, vocês me veem por aqui”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post