Aniversariante Kaue comemora gols e espera recuperação na Copinha

Sub-20 do Palmeiras busca a 1ª vitória na Copa São Paulo de 2016 contra o Estanciano (SE), às 21h desta terça-feira (5), em São José dos Campos-SP

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A partida tem entrada gratuita e será transmitida ao vivo pela Rede Vida. No domingo (3), o Verdão saiu perdendo para o Sampaio Corrêa, mas reagiu nos minutos finais e arrancou o empate em 2 a 2.

Kaue, que completa 19 anos nesta segunda-feira (4), ganhou o presente adiantado – já que marcou os dois gols do time na partida. Ele chegou ao Palmeiras aos 15 anos, ainda como lateral-esquerdo, e ganhou destaque no Sub-20 a partir do segundo semestre de 2015, já que terminou a temporada como vice-artilheiro da equipe, com oito gols. Ele foi relacionado para um jogo no Profissional (contra o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro).

“Foi importante eu ter conseguido fazer os dois gols, mas foi mérito de toda a equipe. É uma sensação incrível, a torcida do Palmeiras é maravilhosa, sempre me incentivam nas redes sociais. É uma sensação indescritível. O Sampaio Corrêa teve méritos de aproveitar as chances que tiveram, e nós poderíamos até ter saído com a vitória se tivéssemos aproveitados mais oportunidades que criamos”, disse o camisa 7 da equipe Sub-20.

Kaue marcou os dois gols do Verdão no empate com o Sampaio Corrêa pela primeira rodada da Copinha. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Kaue marcou os dois gols do Verdão no empate com o Sampaio Corrêa pela primeira rodada da Copinha. (Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras é o líder do Grupo 25 da primeira fase, com um ponto – no outro jogo da chave, Estanciano e São José dos Campos FC empataram em 1 a 1. Neste ano, os dois melhores clubes de cada grupo avançam para a segunda fase, que já será em sistema eliminatório. O técnico João Burse vê a desatenção como um problema a ser corrigido e cobra melhora da equipe nos próximos jogos.

“Já vínhamos pedindo para eles terem pés nos chão, entrarem concentrados. Tomamos dois gols e complicamos o jogo, tivemos que correr atrás. São aprendizados que o jogo oferece. Contra o Estanciano vamos entrar concentrados desde o início para impor o ritmo que estamos acostumados. Temos dois jogos pela frente e buscaremos essa classificação”, disse o treinador.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post