Apresentado, Erik exalta o Palmeiras: ‘Maior no futebol brasileiro’

Reforço do Palmeiras pelos próximos cinco anos, o atacante Erik se apresentou oficialmente à imprensa, nesta quinta-feira (07), na Academia de Futebol

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Revelação do Campeonato Brasileiro de 2014 e um dos destaques do Goiás na temporada seguinte, o novo reforço chega ao clube de Palestra Italia encantado com a possibilidade de vestir o manto alviverde, além de projetar grandes conquistas com o Verdão.

“Estou muito feliz por estar vestindo a camisa deste clube. Sei que sou uma contratação importante para um clube gigante como este. O projeto é belíssimo, e eu não pensei duas vezes. Fiquei muito feliz com o interesse do Palmeiras. Quando eu recebi a notícia (da proposta), eu estava no interior do Pará, e, quando a ficha caiu, agradeci a Deus por tudo o que vem acontecendo em minha vida. Tenho certeza de que conseguiremos grandes títulos aqui”, projetou. “É o maior clube no futebol brasileiro em termos de títulos nacionais, e eu sempre quero mais em minha carreira”, emendou.

Rápido e habilidoso dentro das quatro linhas, o novo camisa 14 falou um pouco sobre suas características como atleta.

“Mostrarei ainda mais o meu trabalho aqui. Sou um jogador de velocidade, que sempre procura ajudar na marcação. Taticamente, eu jogo no meio de campo, mas fico mais à vontade no ataque. Aonde precisar eu estarei à disposição”, comentou o palestrino, que também lembrou de sua origem durante a apresentação.

Erik foi oficialmente apresentado pelo Verdão nesta quinta-feira (07). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Erik foi oficialmente apresentado pelo Verdão nesta quinta-feira (07). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Sou paraense, nascido na cidade de Novo Repartimento. Tenho orgulho de ter saído de lá. Infelizmente, até hoje não saíram mais jogadores de lá porque a cidade é pequena, mas espero que surjam novos talentos. Sou de família simples, e fui para Goiânia com 10 anos de idade. O meu primeiro clube foi lá, e eu aprendi muita coisa. Sou um cara tranquilo do interior, prefiro ficar no meu cantinho”, contou.

E a vibrante torcida do Palmeiras não poderia ser esquecida pelo atacante.

“É muito bom a torcida estar presente, e o Palmeiras teve uma grande média de público no ano passado. Eu joguei contra o Palmeiras no Allianz Parque, é um grande clube e tem uma grande torcida. É um exemplo para as outras torcidas do país. Uma torcida leal, e eu mal cheguei e já tenho o carinho pelos torcedores”, finalizou Erik.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post