De atacante a lateral, Bruno Garcia cobra postura diferente na Copinha

O Palmeiras inicia os mata-matas da Copa São Paulo de Futebol Júnior neste domingo (10), às 16h, contra o Flamengo-SP, em São José dos Campos-SP

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

A partida tem entrada gratuita e será transmitida ao vivo pelo SporTV. Classificado na segunda colocação na primeira fase, o time busca embalar para seguir em busca do título inédito. É o que espera o atacante Bruno Garcia, que tem atuado na lateral esquerda e dado conta do recado.

Com a lesão sofrida pelo lateral-esquerdo Jeferson, Bruno foi o escolhido do técnico João Burse para cumprir a função e ganhou elogios após a vitória sobre o São José dos Campos FC, nesta quinta-feira (7), por 2 a 0. Ex-companheiro de Gabriel Jesus no ataque do time Sub-17 do Verdão em 2014, o atacante/lateral encontrou agora outra inspiração na carreira: o capitão Zé Roberto, que também tem como característica a polivalência para desempenhar várias funções.

“Temos que entrar diferente, com outra postura contra o Flamengo. É um mata-mata, a vida dos dois times depende de um jogo. Tenho certeza que teremos outra postura no domingo. Minha inspiração como atacante era o Gabriel Jesus, joguei alguns jogos com ele de parceiro de ataque. Mas agora na lateral-esquerda é o Zé Roberto (risos)”, disse Bruno Garcia.

Improvisado na lateral, Bruno Garcia se destacou na partida contra o São José. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Improvisado na lateral, Bruno Garcia se destacou na partida contra o São José. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Não conseguíamos repetir nos jogos o que fazíamos nos treinos, estávamos ansiosos pela vitória. O professor conversou conosco e no último jogo conseguimos o resultado positivo. Ele optou por mim na lateral pela minha resistência, sou quase um ponta. O técnico gosta de laterais que jogam para frente, então estou quase como atacante. A grande diferença é que tenho de voltar mais para ajudar na marcação”, completou o jogador de 18 anos.

Autor do segundo gol do Palmeiras na partida contra o São José dos Campos, o volante Daniel também cobra evolução do Palmeiras no restante da Copinha. Ele já teve passagens pelo time Profissional, onde realizou intercâmbios ao longo de 2015 e foi relacionado para as duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, contra Coritiba e Flamengo, e no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, no Allianz Parque.

“Precisamos ser mais decisivos na frente e dar menos oportunidades para o adversário. Não marcava gols havia algum tempo, foi uma felicidade imensa, ainda mais com 10 mil pessoas nos apoiando. Nem sabia pra onde correr de tanta felicidade. Antes eu fazia mais gols, era batedor de pênaltis, agora estou roubando mais bolas e evoluindo na marcação”, disse o camisa 8.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post