Jesus confia em trabalho e união no Palmeiras: ‘Jamais faltará vontade’

Gabriel Jesus segue confiante no sucesso da equipe em 2016, e faz questão de ressaltar o ótimo relacionamento entre todos no cotidiano da Academia de Futebol

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

O começo de ano no Palmeiras pode não estar dentro do planejado pela comissão técnica e os jogadores do Verdão. No entanto, mesmo com um rendimento abaixo do esperado, o atacante, inclusive, já vê uma evolução nas atuações do time, principalmente após a partida inaugural da Copa Libertadores diante do River Plate-URU, fora de casa, que terminou em 2 a 2.

“Todos nós e vocês (jornalistas) conhecem o dia a dia aqui do Palmeiras. Vocês veem a felicidade que a gente treina. Quando é para brincar, a gente brinca. Somos fechados com o Marcelo (Oliveira), todos gostam muito dele. Foi uma fase ruim que enfrentamos, não estávamos conseguindo mostrar o nosso futebol, mas estamos voltando e demonstrando o nosso futebol dentro de campo”, disse. “Jamais faltará vontade. Queremos sempre ganhar, tanto a equipe que jogou no sábado (contra o Linense) quanto a que jogou terça (contra o River), todos estão com gana de vencer”, completou.

O camisa 33 (e 12, na Libertadores) acredita que a correção de alguns detalhes pode fazer com que a equipe cresça de forma mais rápida.

“Temos de trabalhar e nos concentrar um pouco mais dentro de campo. Infelizmente, nós apagamos em alguns momentos das partidas, mas vontade e determinação não faltaram. Sempre quisemos estar à frente e ganhar. Em um minuto de desatenção, nós podemos tomar um gol, todos têm de repensar e concentrar”, comentou, destacando, porém, a pontuação conquistada no Uruguai, na última terça (16).

Gabriel Jesus concedeu entevista coletiva nesta quinta (18) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Gabriel Jesus concedeu entevista coletiva nesta quinta (18) na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“A equipe está se fortalecendo cada vez mais. Tanto os que ficaram quando os que chegaram estão muito unidos para fazermos um belo campeonato. A equipe se comportou muito bem no Uruguai, mas, infelizmente, deixamos escapar os dois pontos, mas este um ponto também fará diferença”, afirmou. “Todos têm de ter esta gana de vencer. Todos nós saímos chateados com o empate, todos viram que dava para a gente ganhar. Ficamos à frente no placar duas vezes e dominamos a partida, mas não podemos descartar este ponto porque foi muito importante”, emendou o palmeirense.

Por fim, Jesus falou sobre a disputa por uma vaga entre os 11 iniciais do técnico Marcelo Oliveira.

“Futebol é oportunidade. Assim como eu tive uma chance no ano passado, e o Rafa (Marques), que é muito experiente, entendeu bem, eu também respeitarei agora a opção do treinador. O que importa é jogar e, quando eu tiver uma oportunidade, ajudarei o clube. Estarei à disposição sempre, assim como todos, para ajudar o Palmeiras da melhor maneira quando o Marcelo precisar”, disse o atacante, referindo-se à titularidade do companheiro Erik diante do River Plate.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post