M.Oliveira avalia derrota no Allianz Parque e avisa: ‘Temos de nos cobrar’

Mesmo jogando dentro de casa, o Verdão não conseguiu superar o rival e saiu derrotado por 2 a 1, o 2º gol do adversário aconteceu nos segundos finais da partida

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

O Palmeiras voltou a campo neste domingo (28), no Allianz Parque, para enfrentar a Ferroviária, em mais um duelo válido pelo Campeonato Paulista. O técnico Marcelo Oliveira, por sua vez, não gostou do que viu nesta tarde.

“Foi uma vitória de um time que, ao longo do jogo, atuou melhor que o Palmeiras. Marcou mais e conseguiu sair jogando com mais facilidade. Jogamos muito bem os 15 primeiros minutos, e já tínhamos conhecimento da forma como esse time jogava. Erro nosso e mérito do adversário também, que estava muito bem organizado. Eles pouparam alguns jogadores na semana, e isso pode ter feito a diferença, mas sem querer dar desculpa nenhuma”, comentou.

O comandante, inclusive, entende as cobranças vindas das arquibancadas.

“O anseio do torcedor é igual ao nosso. Milhões de pessoas queriam a vitória hoje (domingo), mas ninguém mais do que eu. Todos nós queremos, acreditamos no elenco do Palmeiras. Não existe mal ambiente, os jogadores estão muito comprometidos, até os que treinam separados. É ajuste e parte tática, e isso compete ao técnico também. Não tivemos condições de fazer dois jogos seguidos da mesma forma”, disse, já planejando o embate contra o Rosario Central-ARG, pela Copa Libertadores.

Marcelo Oliveira se mostrou insatisfeito com atuação do time neste domingo (28). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Marcelo Oliveira se mostrou insatisfeito com atuação do time neste domingo (28). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Temos de nos acertar para quinta-feira e fazer um jogo mais forte, mais tempo marcando para que as linhas fiquem mais próximas. Estávamos com este problema no primeiro tempo. Não dá para ficar nos torturando com derrotas, dá para saber que podemos jogar mais e nos apresentar melhor. Está tudo planejado, mas na prática não estamos conseguindo fazer”, declarou. “O que a gente tem é trabalho, confiança e bom ambiente para mudar isso de vez. Temos de nos cobrar, e, quando eu falo cobrar, é o técnico também”, emendou.

O próximo compromisso do time paulista será contra o Rosario Central-ARG, na próxima quinta-feira (03), às 21h45, no Allianz Parque, desta vez pela fase de grupos da Copa Libertadores. Pelo Paulistão, a equipe alviverde retorna a campo no dia 06 de março (domingo), às 16h, também em casa, para encarar o Capivariano.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post