Palmeiras domina jogo, mas só empata com River Plate-URU

Estreando em sua 16ª Copa Libertadores na noite desta terça-feira (16), o Palmeiras ficou no empate por 2 a 2 com o River Plate-URU

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Com amplo domínio da partida, o Verdão esteve duas vezes à frente do placar, mas cedeu a igualdade aos uruguaios no Estádio Domingo Burgueño, em Maldonado.

Na sequência do torneio continental, o Palmeiras terá duas partidas diante de sua torcida: contra Rosário Central-ARG, dia 02, e Nacional-URU, dia 09 de março, ambas às 21h45.

O jogo

Com Thiago Santos como novidade na equipe, Arouca e Jean ficaram mais livres para atacar e dar qualidade ao passe do Palmeiras. O time alviverde teve maior posse de bola desde os instantes iniciais do jogo e obrigou o River a explorar bolas paradas e lançamentos para o ataque.

Apesar do amplo domínio, o Verdão sofria com a forte marcação uruguaia e não conseguia levar perigo ao gol adversário. No entanto, aos 34 minutos, bastou apenas um passe preciso de Dudu para desmontar a zaga do River e achar Jean na grande área. O camisa 17 tocou na saída do arqueiro Pérez e anotou o primeiro tento do Verdão na Libertadores. (River Plate-URU 0x1 Palmeiras)

Aos cinco minutos, no primeiro ataque uruguaio na etapa final, Schiappacasse avançou dentro da área e foi tocado por Fernando Prass na saída do goleiro alviverde. O árbitro anotou pênalti para o River. Santos bateu no canto esquerdo e igualou o placar. (River Plate-URU 1×1 Palmeiras)

Palmeiras ficou no empate por 2 a 2 com o River Plate-URU. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Palmeiras ficou no empate por 2 a 2 com o River Plate-URU. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Aos 12, Marcelo Oliveira modificou o ataque trocando Lucas Barrios por Alecsandro. A alteração deu certo e, logo em sua primeira jogada no ataque, o centroavante deu ótimo passe com o peito para Gabriel Jesus. Dentro da área, o garoto palestrino – que substituiu Erik no intervalo – dominou e bateu com muita categoria, para colocar o Verdão novamente à frente.(River Plate-URU 1×2 Palmeiras)

Mostrando muita raça, Alecsandro teve nova chance aos 17, quando Lucas cruzou na grande área e o camisa 29 cabeceou com perigo.

No minuto seguinte, foi a vez do River aproveitar o jogo aéreo. Santos cobrou escanteio na primeira trave e o meia Montelongo subiu para anotar o segundo gol dos mandantes. (River Plate-URU 2×2 Palmeiras)

Thiago Santos ganhou oportunidade no time titular e fez boa partida no Uruguai. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Thiago Santos ganhou oportunidade no time titular e fez boa partida no Uruguai. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Buscando maior cadência no meio-de-campo, Marcelo promoveu a terceira substituição palmeirense aos 21: Arouca deixou o gramado para a entrada de Robinho.

Aos 32, Thiago Santos lançou para área, Jesus ajeitou de peito para Dudu e o camisa 7 finalizou à esquerda de Pérez, levando muito perigo.

Nos momentos finais, a partida ficou completamente aberta em Maldonado, mas o Verdão era quem mais buscava o gol da vitória. Aos 38, Gabriel Jesus recebeu na esquerda, corta para dentro e bateu colocado. A bola raspou o travessão e foi pela linha de fundo.

A pressão alviverde seguiu e, dois minutos depois, o camisa 12 teve nova oportunidade. Robinho cobrou escanteio, Pérez saiu mal e Jesus tentou o chute, mas o arqueiro uruguaio voltou a tempo e conseguiu a intervenção.

Já nos acréscimos, Jean teve a última chance e tentou um chute de fora da área, mas a bola passou à direita do gol e a partida terminou com o placar de 2 a 2.

O próximo compromisso do Verdão é o clássico diante do Santos no sábado (20), às 17h, no Allianz Parque, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. Na quinta-feira (25), às 21h30, será a vez de enfrentar o XV de Piracicaba, no Barão de Serra Negra, também pelo Estadual.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Arouca (Robinho) e Jean; Dudu, Erik (Gabriel Jesus) e Lucas Barrios (Alecsandro).

Cartões amarelos: Fernando Prass, Roger Carvalho, Lucas, Zé Roberto

Gols

River Plate-URU: Michael Santos (05’ – 2º tempo), Montelongo (18’ – 2º tempo)

Palmeiras: Jean (34’ – 1º tempo), Gabriel Jesus (12’ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post