Palmeiras pressiona, mas não sai do empate contra Oeste

Apesar de muita pressão alviverde, sobretudo durante o 2º tempo, a partida terminou empatada em 0 a 0. O Verdão foi a 5 pontos e segue na liderança do Grupo B

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Pela terceira rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras foi até São José do Rio Preto enfrentar o Oeste, de Itápolis.

O início do jogo foi dominado pelo Verdão. Gabriel Jesus, Dudu, Robinho e Lucas Barrios se movimentavam e davam trabalho aos defensores adversários. O Oeste jogava recuado e tentava diminuir o espaço dos atacantes palmeirenses.

A primeira grande chance de abrir o placar, com Dudu, foi paralisada pela arbitragem, que, erroneamente, marcou impedimento no lance. A partir dos primeiros 15 minutos, a equipe de Itápolis começou a sair mais para o ataque, arriscando chutes de fora da área e algumas jogadas trabalhadas pelo chão.

Mas o Verdão logo respondeu e, aos 19, quase marcou o primeiro gol da partida. Gabriel Jesus fez ótimo passe pela esquerda para a passagem de Zé Roberto, que cruzou, buscando Lucas Barrios na área. O goleiro Jeferson Romário afastou e, no rebote, Jean mandou uma bomba na direção do gol. A bola passou muito próxima ao travessão, assustando a defesa adversária.

Pela esquerda, Gabriel Jesus era um dos destaques do Palmeiras. Apostando na velocidade, dribles e boa visão de jogo, o camisa 33 era peça fundamental nos ataques alviverdes. Dudu, pelo meio, era mais um que destabilizava o sistema defensivo do time rubro-negro. Mesmo assim, o Verdão tinha dificuldade para finalizar as jogadas que criava.

No final do primeiro tempo, o Verdão pressionava para tentar marcar e ir para o vestiário com a vantagem. Aos 45, Dudu driblou os zagueiros dentro da área e rolou para a chegada de Jean. O volante chutou de primeira, forte e rasteiro, mas a bola saiu pela linha de fundo, rente à trave direita.

O Palmeiras voltou para a segunda etapa com Rafael Marques no lugar de Robinho. Os jogadores alviverdes trocavam passes com habilidade e paciência, tentando abrir espaço para finalizar. O Oeste continuava levando perigo ao gol de Fernando Prass, principalmente com chutes de longa distância.

Aos 10, Lucas cruzou para Gabriel Jesus cabecear para o gol, mas o goleiro Jeferson Romário estava atento e fez a defesa. Logo em seguida, o camisa 33 foi substituído por Erik.

Já em sua primeira jogada, Erik invadiu a área com perigo e foi derrubado pelo defensor adversário. O juiz, no entanto, não interpretou o lance como pênalti, apesar das reclamações alviverdes.

Mesmo sem conseguir abrir o placar, o Verdão continuava melhor no jogo e partia para o ataque. Aos 13 minutos, Zé Roberto cobrou escanteio e Vitor Hugo subiu para cabecear. O zagueiro acertou o travessão e quase inaugurou o marcador em São José do Rio Preto.

Aos 24, Marcelo Oliveira fez sua última substituição e colocou Cristaldo no lugar de Lucas Barrios. Aos 31, Marcelinho Paraíba cobrou falta perigosa pela direita para ótima defesa de Fernando Prass, que mandou para escanteio de manchete.

Sem desistir, o Verdão continuava a pressionar. Aos 36, Zé Roberto cruzou para a área e Cristaldo se agachou para desviar de cabeça, mas Jeferson Romário conseguiu fazer a defesa e salvou o Oeste mais uma vez.

O final do jogo era aberto, com os dois times se jogando para o ataque e buscando o resultado. Mesmo assim, a partida terminou empatada em 0 a 0.

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado (13), às 17h, para enfrentar o Linense no Allianz Parque, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Apesar de muita pressão alviverde, a partida terminou empatada em 0 a 0. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Apesar de muita pressão alviverde, a partida terminou empatada em 0 a 0. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho e Zé Roberto; Arouca, Jean e Robinho (Rafael Marques); Dudu, Gabriel Jesus (Erik) e Lucas Barrios (Cristaldo).

Cartão amarelo: Robinho

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post