Dracena quer Palmeiras aguerrido por ‘história bonita’ no Uruguai

Edu Dracena sabe que é fundamental uma vitória do Palmeiras diante do Nacional-URU, nesta quinta-feira (17), às 21h45, no Uruguai, para seguir firme no torneio

A experiência do zagueiro na Copa Libertadores é incontestável. Campeão da competição internacional em 2011, o defensor, inclusive, espera por uma postura diferente da apresentada nos duelos do Campeonato Paulista.

“Não queremos depender dos outros adversários, e sim da força do Palmeiras. Perder aqui faria a gente depender dos adversários, e não queremos isso. Da mesma forma que eles (Nacional) conseguiram um bom resultado em São Paulo, nós também podemos conseguir aqui”, disse. “Libertadores é diferente de um Estadual. Terá catimba, torcida e a arbitragem, nós temos de lutar contra estes aspectos para conseguirmos os nossos objetivos. A Libertadores não é fácil, cada jogo tem a sua história e nós esperamos construir uma história bonita amanhã (quinta)”, emendou.

E, para isso, Dracena quer um time ainda mais aguerrido dentro de campo.

“Temos de fazer diferente do que a gente vem fazendo porque não está dando certo. Não podemos continuar no mesmo erro. Dentro de campo, nós temos de fazer o nosso melhor, jogar com a bola e, sem a bola, buscar como se fosse um prato de comida e tentar recuperar o mais rapidamente possível para não nos desgastarmos como nos últimos jogos”, falou o zagueiro.

O atleta conta também com o reforço do técnico Cuca para o sucesso palmeirense diante dos uruguaios.

“O contato com o Cuca está sendo importante, ele sabe o quanto é difícil esta competição. O melhor é a gente assimilar o mais rapidamente possível o que ele quer para vencermos e nos aproximarmos da classificação. O Palmeiras tem de entrar para ganhar desde o primeiro minuto e se impor para conseguir o resultado que nos interessa”, comentou, destacando as qualidades do Nacional.

Edu Dracena quer postura diferente do Palmeiras na Libertadores. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Edu Dracena quer postura diferente do Palmeiras na Libertadores. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“É um time experiente, que sabe sofrer pressão e sair de situações dentro da partida, haja visto que o Palmeiras pressionou, eles souberam suportar e fizeram dois gols (no Allianz Parque)”, lembrou. “Será um jogo bom, acho que não virão para esperar o Palmeiras, eles atacarão, assim como nós atacaremos. A gente precisa da vitória do mesmo jeito que eles precisam”, completou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post