Invicto contra argentinos em casa, Palmeiras volta a receber Libertadores

O último compromisso do Verdão no antigo Palestra Italia aconteceu em 28 de maio de 2009, quando empatou em 1 a 1 com o Nacional-URU – gol do meia Diego Souza

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Fora da Copa Libertadores desde 2013 e sem poder utilizar seu estádio entre 2010 e 2014, o Palmeiras volta a disputar em sua casa uma partida do principal torneio da América do Sul nesta quinta-feira (03), contra o argentino Rosario Central.

Ao todo, o Alviverde já disputou 48 jogos válidos pela Copa Libertadores no Palestra Italia. Foram 33 triunfos, 11 empates e apenas quatro reveses, com 114 gols marcados e 41 sofridos. Considerando apenas equipes argentinas, como no caso desta quinta-feira (03), o retrospecto é ainda melhor: cinco partidas, sendo três vitórias palestrinas e duas igualdades.

O primeiro jogo contra times argentinos pela Copa Libertadores no estádio palmeirense aconteceu em 1994, diante do tradicional Boca Juniors, e o Verdão tratou de aplicar aquela que é considerada a maior derrota internacional da história do clube rival: 6 a 1, com gols de Evair (2), Cléber, Roberto Carlos, Edílson e Jean Carlo.

Também foi no estádio Palestra Italia que o Verdão carimbou a vaga para a grande final da Copa Libertadores 1999, ano da única conquista palestrina na competição, ao bater o River Plate por 3 a 0, com tentos anotados por Alex (2) e Roque Júnior. No jogo de ida, na Argentina, o Palmeiras foi superado por 1 a 0.

A última partida disputada contra uma equipe argentina aconteceu em 2006, justamente perante o Rosario Central, adversário desta quinta-feira (03). Naquela oportunidade, o jogo terminou 0 a 0.

Histórico do confronto

Além do jogo disputado em 2006, no Palestra Italia, Palmeiras e Rosario Central se encontraram em mais três oportunidades. A partida mais recente também foi válida pela fase de grupos da Copa Libertadores 2006, mas na Argentina, e terminou empatada em 2 a 2. Os outros duelos aconteceram em 1946 e 1957, ambos com caráter amistoso e que terminaram com vitória palmeirense por 2 a 1.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post