Jean cita ‘time fechado’ e apoio da torcida: ‘Força muito grande’

Titular nos últimos jogos do Palmeiras e bastante eficiente dentro de campo, volante Jean também mostra muita personalidade para conversar com os jornalistas

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Leve para sua casa uma parte da história do Palmeiras.

Apesar do pouco tempo de clube, o camisa 17 já conquistou a confiança do técnico Marcelo Oliveira. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (01), na Academia de Futebol, o palmeirense comentou sobre a atual situação alviverde e projetou uma evolução em um curto espaço de tempo.

“O nosso time está bem fechado, estamos nos blindando. Falta pouco para a gente engrenar, alguns detalhes importantes dentro de campo para que o time obtenha uma sequência boa de vitórias, que é normal para um elenco bom como o nosso. Em uma equipe grande, se o resultado positivo não vem, é natural uma cobrança, e nós temos de estar preparados para tudo. Temos de treinar e jogar bem todos os dias, além de ter resultados bons porque seremos sempre cobrados”, declarou, mostrando a “receita ideal” para que o Verdão tenha um rendimento melhor nos gramados.

“Cada um precisa olhar para dentro de si mesmo e perguntar: ‘O que eu posso acrescentar e fazer a mais para ajudar o Palmeiras?’. Primeiramente, é olhar para dentro de nós mesmos, cada um em sua função e em sua orientação que foi passada para fazer dentro de campo. Eu costumo dizer que, no futebol, você não ganha no papel, você ganha no campo e na prática. Todos os jogos você tem de mostrar quem você é porque o futebol está muito igual. E, aqui em São Paulo, o futebol está cada vez melhor. Você vê equipes consideradas pequenas jogando um futebol melhor do que dos times grandes”, disse.

O atleta, porém, não vê falta de vontade por parte de seus companheiros de elenco.

“Estamos trabalhando para entender. O que eu posso dizer é que, dentro de campo, estamos nos doando ao máximo, e todos têm visto isso. Mas, no futebol, o que importa é o resultado. Diante de um campeonato tão disputado como o Paulista, é importante começar com o placar favorável, até para tirar toda a confiança do time adversário. Se deixa eles jogarem e a bola não entra, eles têm uma confiança maior. E a gente, por outro lado, precisa se organizar um pouco mais”, falou Jean.

E volante sabe que pode ser importante para o futuro do Palmeiras na temporada.

“Eu procuro fazer o meu trabalho. Quem me conhece sabe que eu gosto de fazer no limite máximo, até o desgaste físico. Se eu não saio do jogo cansado e sobrecarregado, eu não saio feliz. Se eu saio sabendo que poderia ter feito mais, eu me cobrarei muito, é uma característica minha. Não gosto de fazer uma função só, gosto de fazer mais de uma função. Gosto de marcar e jogar porque eu sei que tenho essa condição. Qualquer jogador de futebol hoje, pelo trabalhado desenvolvido fora de campo, tem essa condição”, explicou o palestrino, que também conta com o apoio incondicional da torcida do Verdão, principalmente após saber de uma manifestação de apoio que deve acontecer antes do duelo com o Rosario Central, nesta quinta-feira (03), no Allianz Parque, pela Libertadores.

Jean tem seis partidas e um gol anotado com a camisa do Verdão. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Jean tem seis partidas e um gol anotado com a camisa do Verdão. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Fico feliz. A adrenalina começa a subir, vejo de uma forma muito positiva, e não como pressão. Vejo uma força muito grande, você olhando para fora, chegando ao estádio e uma multidão te cercando. Você vê a festa que estão fazendo para você, isso mexe com a sua emoção. Se não mexe com a emoção de alguém, esse cara deve ser um gelo (risos). Vejo de uma forma muito positiva e espero que aconteça para que a gente possa chegar ao estádio sentindo a força e a emoção”, afirmou o jogador, reforçando a importância do duelo com os argentinos pelo torneio internacional.

“É uma partida decisiva e tem uma importância grande para todos nós, não só para A ou B. Será importante para sairmos desta sequência chata sem vitórias. Todos estão bem focados e sabem da importância que esta partida tem, ainda mais pelo resultado negativo do último jogo”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post