Palmeiras sofre derrota para o Nacional-URU em Montevidéu

Jogando no estádio Parque Central, em Montevidéu, o Palmeiras conheceu seu segundo revés na Copa Libertadores 2016 na noite desta quinta-feira (17)

Com gol de Nico López, o Verdão foi superado por 1 a 0 pelo Nacional-URU e agora precisa vencer suas duas últimas partidas no Grupo 2 para buscar a passagem às oitavas de final.

O próximo compromisso no torneio continental será no dia 6 de abril, às 21h45, diante do Rosario Central-ARG, fora de casa. O Palmeiras encerra a participação na primeira fase no dia 14, também às 21h45, no Allianz Parque, contra o River Plate-URU.

O jogo

Jogando em casa, os uruguaios começaram mais presentes no ataque. Aos três minutos, após cobrança de falta, Nico López recebeu bom passe dentro da área, se preparou para finalizar, mas Fernando Prass saiu da meta e abafou o chute do atacante.

Com muita raça, o Palmeiras buscou equilibrar as ações, mas a forte marcação das duas equipes deixava a partida amarrada, sendo disputada especialmente entre as intermediárias e com poucas oportunidades de gol.

Apenas aos 36, o Nacional conseguiu levar perigo novamente. Romero tentou o cruzamento na área e, após corte de Edu Dracena, Seba Fernández finaliza à direita do gol palmeirense.

Para ter mais intensidade no ataque, o técnico Cuca promoveu uma dupla substituição já no intervalo da partida: Egídio e Allione deram lugar a Robinho e Gabriel Jesus.

As mudanças não demoraram a surtir efeito. Logo aos três da segunda etapa, Robinho conseguiu ótimo lançamento para Jesus. O atacante avançou pela direita e tentou encobrir o goleiro Conde, mas a bola ganhou pouca altura e facilitou a defesa do uruguaio.

Polivalente, Zé Roberto atuou como meia no primeiro tempo e lateral na segunda etapa. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Polivalente, Zé Roberto atuou como meia no primeiro tempo e lateral na segunda etapa. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

A resposta dos mandantes veio dois minutos depois. Fernández prendeu a bola e tocou na esquerda para Ramirez cruzar. O meia achou a cabeça de Nico López, que desviou no contrapé de Fernando Prass para abrir o placar. (Nacional-URU 1×0 Palmeiras)

Buscando deixar o time ainda mais ofensivo, Cuca partiu para a última alteração aos 21. O volante Gabriel saiu para a entrada do atacante Lucas Barrios.

Logo em seu primeiro lance no jogo, o camisa 8 recebeu bom cruzamento de Lucas e tentou tocar de letra para o gol, mas a bola explodiu na marcação uruguaia.

Aos 24, Nico López ganhou disputa com Vitor Hugo e ficou frente a frente com o gol palestrino, mas Fernando Prass deixou a meta e fez grande defesa na entrada da área, salvando o Palmeiras.

Jogando com quatro atacantes, o Palmeiras partiu para cima dos estrangeiros, mas a forte marcação uruguaia seguiu levando a melhor e impedindo a criação de boas chances para o empate.

A melhor chance surgiu já aos 45 minutos, quando Dudu enfiou boa bola para Alecsandro dentro da área. O centroavante girou e chutou forte, exigindo ótima intervenção de Conde.

Escalação: Fernando Prass; Lucas, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Robinho); Gabriel (Lucas Barrios), Arouca, Zé Roberto e Allione (Robinho); Dudu e Alecsandro.

Cartões amarelos: Lucas, Alecsandro, Arouca

Gols

Nacional-URU: Nico López (5’ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post