Verdão conta com retrospecto favorável contra uruguaios

O Palmeiras visita o Nacional-URU nesta quinta-feira (17), em Montevidéu, em busca da primeira vitória fora de casa na Copa Libertadores 2016

Até aqui, os quatro pontos conquistados pelo Verdão vieram de um empate diante do River Plate-URU, fora de casa, e de uma vitória sobre o Rosario Central, no Allianz Parque. Para ter sucesso no duelo disputado no estádio Parque Central, a equipe comandada pelo técnico Cuca poderá contar com um aliado: o retrospecto do clube contra equipes uruguaias.

Nos últimos 44 anos, o Palmeiras só foi superado por times do Uruguai em duas oportunidades – em 2000, pelo Peñarol, e na última quarta-feira (09), pelo próprio Nacional-URU. Foram 20 jogos neste período, sendo 10 vitórias e oito empates.

No histórico geral perante equipes do país vizinho, os números seguem positivos para o Alviverde: 44 encontros, 16 triunfos, 16 empates e 12 derrotas. Ao todo, o Verdão balançou as redes em 67 oportunidades e foi vazado 47 vezes.

[irp]

O primeiro jogo da história do Palmeiras contra uma equipe uruguaia aconteceu em novembro de 1923, quando venceu o Universal-URU por 3 a 1, no Palestra Italia – os gols foram anotados por Heitor, Loschiavo e Perillo.

Estádio Parque Central

Palco do duelo desta quinta-feira (17), o estádio Parque Central já recebeu o Palmeiras em duas oportunidades – ambas em 1925 –, mas não traz boas recordações ao clube. Foram duas derrotas contra um combinado uruguaio – 3 a 2 e 1 a 0 – em partidas com caráter amistoso. O único atleta palmeirense que já balançou as redes no local é Feitiço, autor dos dois gols no primeiro revés alviverde no estádio.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post