Para Cuca, vitória contra Rio Claro era obrigação: ‘Não é o suficiente’

Mesmo com a boa vitória sobre o Rio Claro, no estádio do Pacaembu, o técnico Cuca segue exigente com o rendimento do Palmeiras na temporada

O comandante, que viu o triunfo como “obrigação” para as pretensões do time no Campeonato Paulista, admite que equipe precisa fazer muito mais para ter sucesso no decorrer de 2016.

“Perdemos quatro partidas seguidas, e a última delas foi uma derrota muito feia. Então não temos motivo para comemorar. Ganhamos um jogo do Rio Claro, que era obrigação para termos chances de classificação no Paulista, mas não é o suficiente. Ficamos felizes por termos feito um bom jogo, mas ainda buscamos a regularidade”, declarou o palmeirense, que mostrou muita sinceridade ao comentar sobre as possibilidades de título neste primeiro semestre.

“Procuro ser o mais reto e correto possível. Temos de ter um rumo, não adianta falar que está tudo organizado e pronto para ganharmos o Paulista e a Libertadores. O trabalho aparecerá no Brasileiro, pois aí terei tempo para trabalhar e fazer uma avaliação profunda do elenco, ver o que eu preciso e não preciso. Estou conhecendo os jogadores dentro do jogo, o meu trabalho aparecerá, mas somente no Brasileiro. Por isso, temos de jogar cada jogo do Paulista e da Libertadores como uma decisão”, afirmou.

E, para dar sequência à recuperação do Alviverde, Cuca espera por outro bom resultado diante do Corinthians, neste domingo (03), às 16h, no Pacaembu.

“Estamos em um momento que todos os jogos são decisivos. Ontem (sexta-feira) era assim, domingo será assim e quarta também. Cada jogo é mais importante do que o outro. Temos um desgaste nos jogos que, no caso, os adversários diretos não estão tendo. Temos de ter equilíbrio físico também”, falou, ressaltando a qualidade do rival.

Cuca concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta sexta (01). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Cuca concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta sexta (01). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Tentaremos de todas as formas igualarmos o adversário em alguns sentidos e buscar a vitória. Jogamos em casa e temos a necessidade maior de vencer”, declarou. “O Corinthians tem jogadores que encorpam o meio de campo, não jogam só pelos lados. Temos de entender bem o adversário para ter uma marcação forte e ímpeto de ataque também, temos de ter ambição para atacar. Mesmo não estando no mesmo momento que vive o Corinthians, podemos fazer um jogo igual e vencer”, analisou.

Contudo, o técnico sabe que não terá tempo para treinar o time antes do clássico.

“Será um trabalho mais teórico. Hoje, os jogadores descansaram do jogo e amanhã (sábado) é o dia que eles têm mais cansaço. Trabalharemos para estarem prontos para o jogo, esse é o trabalho número um. Além disso, mostraremos os adversários em vídeos, da maneira que a gente entende que eles virão e tiraremos as coisas boas do que fizemos ontem”, finalizou o palestrino.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post