Luan se emociona com nova chance no Palmeiras: ‘Cheguei a chorar’

Campeão da Copa do Brasil de 2012 com o Palmeiras, o atacante Luan está muito perto de voltar a campo pelo clube

O jogador, que sofreu nos últimos anos por conta de uma lesão no tendão de Aquiles, não atua pelo Verdão desde o início de 2013, quando se transferiu para o Cruzeiro. Mas, três anos depois, o camisa 39 vê uma nova chance com o técnico Cuca, que, inclusive, o relacionou para a partida contra o Atlético-PR, no último sábado (14), no Allianz Parque, pela estreia no Campeonato Brasileiro.

“Foi uma surpresa para mim, foi a mesma coisa quando eu atuei pelo time profissional pela primeira vez. Senti muita emoção, cheguei até a chorar no quarto por tudo o que passei, os tratamentos que fiz no pé. Passa um filme na cabeça quando eu estava de muleta, e, de repente, você está na lista, com garra, vontade e ajuda do treinador. Isso me emocionou bastante e estava super feliz. Para mim, era tudo novo”, revelou.

O palmeirense contou como foi reencontrar os paletrinos nas arquibancadas após tanto tempo.

“O que eu mais gostei foi sentir a torcida, foi a coisa mais linda que vi dentro de campo. Uma vibração boa, e, mesmo eu estando em meu primeiro jogo, a torcida pediu para eu entrar. Me emocionou e achei muito lindo”, disse, relembrando o período de sofrimento dentro do Departamento Médico alviverde.

Luan voltou a ser relacionado pelo Palmeiras no último sábado (14) diante do Atlético-PR. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Luan voltou a ser relacionado pelo Palmeiras no último sábado (14) diante do Atlético-PR. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“Agradeço primeiramente a Deus, à minha família, esposa, filhos e amigos, e também sou grato ao Palmeiras, que abriu as portas para mim. O meu corpo teve rejeição do parafuso, e isso atrasou a minha recuperação. É difícil vir todos os dias de manhã, à tarde e feriados, não tem tempo para família e amigos. Tem de focar no tratamento, mas, graças a Deus, isso é passado, tenho de pensar no futuro”, afirmou.

Após muitos treinos intensos com Cuca, o atleta conta os minutos para voltar a vestir a camisa do Palmeiras.

“Ele (Cuca) me chamou para conversar e perguntar como eu estava. Ele ficou contente com cada treinamento que eu fazia, e eu estou contente por poder trabalhar 100%. Voltei a ter confiança para tocar a bola, correr, brecar e mudar de direção… Estou contente, não vejo a hora de poder ter uma oportunidade para mostrar isso em campo”, completou Luan.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post