Na apresentação, Fabrício elogia projeto alviverde: “Tudo para ser campeão”

Envolvido em uma troca entre Palmeiras e Cruzeiro, o jogador Fabrício foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (23), na Academia de Futebol.

O novo reforço, que já passou por equipes tradicionais como Corinthians, Portuguesa, Internacional e Cruzeiro, chega para ser mais um atleta versátil no elenco do técnico Cuca. Lateral-esquerdo e meia, o agora palmeirense vem com grandes objetivos para o clube, a começar pelo título brasileiro desta temporada.

“Eu aceitei a proposta do Palmeiras quando o professor Cuca me ligou e perguntou se eu tinha o interesse de vir. Poderia ter ficado no Cruzeiro porque eu era o único lateral que tinha, mas eu preferi vir para o Palmeiras. O Cruzeiro é grande, mas o Palmeiras também. Pelo elenco que o Palmeiras tem e pelo objetivo de ser campeão que o Cuca me passou, eu optei em vir para o Palmeiras”, contou, elogiando o grupo palmeirense.

“Estávamos há oito jogos sem perder, e tivemos chances de poder fazer um gol nos primeiros lances contra a Ponte Preta. Tomamos o gol e aí desmontou tudo. O nosso elenco é forte e, se colocar no papel, é um dos times candidatos a levantar a taça. Mas só no papel não adianta, tem de mostrar. Temos tudo para ser campeão”, projetou.

Nascido na capital paulista, o novo camisa 16 alviverde também celebrou o fato de voltar à cidade.

“Sempre quis jogar em São Paulo, nasci aqui e sempre quis jogar em um time grande de São Paulo. Hoje estou tendo a oportunidade de jogar no Palmeiras, e aqui a visibilidade é maior, São Paulo e Rio de Janeiro aparecem mais. Quero focar e fazer um bom campeonato”, declarou o jogador.

Fabrício foi apresentado oficialmente na Academia de Futebol nesta segunda (23). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Fabrício foi apresentado oficialmente na Academia de Futebol nesta segunda (23). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Por fim, Fabrício falou sobre as suas expectativas com o time palestrino.

“Quando chega, o cara quer jogar, mas respeitando a decisão do professor e os companheiros. Sei esperar a minha oportunidade. Não me precipitarei, cada um tem de fazer o seu, somos um elenco e todos querem jogar”, afirmou. “O Cuca disse que me usaria de lateral, meia e volante. Eu falei que ajudaria a equipe aonde ele precisasse”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post