“Falso zagueiro”, Thiago Santos comemora ‘dia especial’ contra Grêmio

Imbatível contra o Grêmio no Pacaembu, o Palmeiras alcançou sua 11ª vitória na última quinta-feira (2) e chegou a 14 jogos sem perder do rival pelo Brasileirão no estádio

Autor de um dos gols que mantiveram o tabu favorável ao Verdão na partida, Thiago Santos, em entrevista coletiva na Academia de Futebol na tarde desta sexta (3), esbanjou felicidade ao falar de seu primeiro tento com a camisa alviverde.

“É um dia especial para mim. Minha filha me cobrava muito. Os gols que fiz pelo América (Mineiro) não foram muitos, ela lembrava. Meus familiares me mandaram mensagem. Esse momento foi muito bom”, contou. “Não tinha nada combinado. Fiquei feliz demais de ter feito meu primeiro gol com a camisa do Palmeiras. Fui comemorar com os companheiros do banco, e, independentemente de quem está jogando, é um grupo forte, todo mundo se apoia. Acabei tomando um monte de tapa na comemoração (risos)”, completou Thiago, que chegou ao Verdão em agosto de 2015.

Escalado como “falso zagueiro” por Cuca, o volante palmeirense ponderou que não deixou de lado seu ofício e já se candidatou ao posto para uma próxima oportunidade.

“Não acostumei, não. É diferente demais, até o posicionamento. No segundo gol tive atitude mais de volante que de zagueiro, pois saí para dar o bote. Se eu fosse zagueiro de verdade teria esperado lá atrás, onde o Giuliano fez o gol. Agradeço ao Cuca pela oportunidade que ele me deu, teve a coragem de me colocar como zagueiro. Se precisar de novo, posso ajudar”, falou.

Thiago Santos concedeu coletiva na Academia de Futebol nesta sexta-feira (03). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Thiago Santos concedeu coletiva na Academia de Futebol nesta sexta-feira (03). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Feliz da vida em todos os sentidos, Thiago Santos elogiou o zagueiro Thiago Martins e se mostrou positivo diante da possível volta do beque diante do Flamengo no domingo (5), às 16h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

“Tudo acontece porque temos um grupo bom. Se ele optou por mim, não é porque o Thiago Martins estava mal. Todos gostam dele, tem o Edu que está voltando, o Roger Carvalho. Se ele optar pelo Thiago Martins também vou ficar feliz, estando em campo ou não. Ele vai dar conta do recado de novo, como deu em jogos passados”, explicou.

Ainda sobre o Flamengo e a casa alternativa do rival direto pelo G-4, o volante alviverde destacou a importância de vencer tanto em casa como fora. “Eles sempre mandam jogos lá. Independentemente de onde for o jogo, se formos campeões, temos de ganhar desde já. O Flamengo é um concorrente direto, vai brigar lá em cima. Só ganhar em casa não adianta”, finalizou Thiago Santos.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post