Palmeiras perde invencibilidade com derrota para Cruzeiro no Mineirão

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras visitou o Cruzeiro na noite deste sábado (25) e perdeu invencibilidade de seis partidas no torneio nacional

Com dois gols de Willian para os cruzeirenses e um de Gabriel Jesus para o Verdão, o Palmeiras foi superado pelo placar de 2 a 1.

Mesmo com o revés, o Verdão segue na liderança provisória do campeonato com 22 pontos, dois a mais que o vice-líder Internacional.

O jogo

A partida começou movimentada no Mineirão e a primeira oportunidade de gol foi dos mandantes. Aos dois minutos, Alisson foi lançado na grande área, mas Fernando Prass saiu do gol e travou a finalização do cruzeirense.

A resposta do Verdão veio aos 10, quando Bruno Rodrigo perdeu a bola na defesa para Dudu, que levou a bola à linha de fundo e cruzou rasteiro para Gabriel Jesus. Com muita categoria, o camisa 33 bateu de primeira para abrir o placar, anotando seu 7º gol no Brasileirão e o 16º na temporada. (Cruzeiro 0x1 Palmeiras)

Quatro minutos depois, Bryan recebeu na intermediária e colocou a bola na segunda trave, Arrascaeta desviou de cabeça, e Willian chutou antes que Prass pudesse defender, igualando o marcador. (Cruzeiro 1×1 Palmeiras)

Animado com o tento, os celestes chegaram novamente aos 18. Arrascaeta passou por elevação para Alisson, que tocou para Henrique. O volante tentou a finalização embaixo das traves, mas mandou por cima do gol.

Mesmo com menor posse de bola, o Verdão levava muito perigo nos contra-ataques. Aos 28, O Palmeiras finalmente consegue chegar ao ataque. Gabriel Jesus recebeu nas costas da zaga e tentou colocar no canto esquerdo de Fábio, mas se perdeu pela linha de fundo.

Fazendo seu primeiro jogo como titular no Palmeiras, Fabiano era um dos destaques alviverdes com boas investidas no campo ofensivo. Aos 36 minutos, o lateral invadiu a área e bateu forte, mas Fábio fez boa defesa. No lance seguinte, Moisés cobrou lateral para o meio da área e Dudu ficou com a sobra, mas finalizou por cima do travessão.

Aos 40, Bruno Ramires fez tabela com Arrascaeta, mas chutou fraco, e Fernando Prass caiu para ficar com a bola.

No retorno para segunda etapa, Cuca buscou dar maior estabilidade ao meio campo, deslocando Tchê Tchê para a lateral-esquerda, enquanto Egídio saiu para dar vaga a Thiago Santos.

Aos dois minutos, após lançamento para o ataque, Alisson cruzou na entrada da pequena área e Willian cabeceou firme. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. (Cruzeiro 2×1 Palmeiras)

Um minuto depois, os cruzeirenses chegaram novamente com Bruno Ramires, que, na grande área, bateu para grande defesa de Fernando Prass. Aos cinco, foi a vez de Arrascaeta tentar a finalização e parar no goleiro palestrino.

Buscando maior poder ofensivo, Cuca substituiu o meia Cleiton Xavier pelo atacante Luan. Aos 11, o camisa 39 recebeu bom passe de Róger Guedes e chutou cruzado, mas Fábio caiu e segurou firme.

Mesmo com revés em Belo Horizonte, Palmeiras segue brigando pela liderança do Campeonato Brasileiro. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Mesmo com revés em Belo Horizonte, Palmeiras segue brigando pela liderança do Campeonato Brasileiro. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

A terceira mudança do Verdão veio aos 23 minutos, quando Cristaldo entrou em campo no lugar de Róger Guedes.

Aos 24, após cobrança de escanteio, Vitor Hugo finalizou de cabeça e Fábio espalmou pela linha de fundo. Na sequência, o Cruzeiro respondeu com William, que recebeu de Alisson dentro da área, mas chutou pela linha de fundo.

À procura do empate, o Palmeiras tentava dominar a partida e levava perigo especialmente nas bolas paradas, enquanto o Cruzeiro se posicionava para encaixar contragolpes.

Aos 30, Vitor Hugo recuou para Prass, que dividiu com Alisson e a bola passou com perigo por cima do gol. Quatro minutos depois, o alviverde respondeu com Dudu, que cruzou na cabeça de Thiago Santos, mas o volante testou para fora.

Nos minutos finais, o Palmeiras seguiu apertando a equipe mineira, mas parou na forte marcação e não conseguiu reverter o placar.

Escalação: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Thiago Santos); Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier (Luan); Dudu, Róger Guedes (Cristaldo) e Gabriel Jesus.

Cartões amarelos:

Gols

Cruzeiro: William (14’ – 1º tempo e 2′ – 2º tempo)

Palmeiras: Gabriel Jesus (10’ – 1º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post