Em noite atípica, Palmeiras é superado pelo Botafogo no Rio de Janeiro

Palmeiras foi ao estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, na noite deste domingo (31), e acabou superado pelo Botafogo pelo placar de 3 a 1.


Após ficar em desvantagem na etapa inicial, com dois gols alvinegros de Neilton, o Verdão esboçou uma reação na etapa final e diminuiu o marcador com Erik, mas Camilo, de pênalti decretou o triunfo botafoguense.

Com o resultado, o Verdão agora é o terceiro colocado do torneio nacional com 32 pontos, apenas um a menos que o líder Corinthians. O próximo compromisso está marcado para quinta-feira (04), às 21h30, diante da Chapecoense, na Arena Condá.

O jogo

Jogando em casa, os alvinegros tiveram a primeira oportunidade de marcar a dois minutos de jogo. Canales recebeu de Camilo, entrou na área e chutou de bico, levando perigo ao gol de Vagner.

Com dificuldade para passar pela forte marcação botafoguense, o Palmeiras apostava nos chutes de fora da área. Aos 14, Moisés arriscou a finalização, mas a bola passou à esquerda do gol de Sidão.

Com a marcação muito forte de ambas as equipes, a partida seguia amarrada, até que, aos 20, Neilton recebeu lançamento, invadiu a grande área e bateu cruzado na saída de Vagner para abrir o placar. (Botafogo 1×0 Palmeiras)

Em desvantagem no marcador, o Palmeiras buscou a resposta aos 26, quando Zé Roberto cruzou da direita e Thiago Santos marcou de cabeça, mas a condição do volante era irregular e o gol foi anulado pela arbitragem.

Aos 34, Neilton avançou pela esquerda, tirou a marcação de Jean e Edu Dracena, e bateu rasteiro no canto de Vagner, ampliando para os cariocas. (Botafogo 2×0 Palmeiras)

Precisando reverter o panorama do jogo, o Palmeiras se lançou ao ataque e, aos 39, Leandro Pereira tocou para Erik e recebeu de volta na entrada da área, mas a defesa do Botafogo conseguiu se recuperar antes da finalização do atacante palmeirense.

No minuto seguinte, o camisa 30 recebeu na direita e bateu colocado, mas Sidão fez grande defesa com o pé.

O Verdão voltou a assustar o gol adversário aos 44. Róger Guedes recebeu de costas para o gol, girou a bateu firme de fora da área, exigindo mais uma grande intervenção do arqueiro alvinegro.

Na volta para a etapa final, o técnico Cuquinha sacou Róger Guedes e Cleiton Xavier para a entrada de Rafael Marques e Dudu.

Mostrando mais volume de jogo, o Palmeiras chegou com muito perigo aos quatro minutos. Zé Roberto recebeu na esquerda e caprichou no cruzamento para Erik, que completou de cabeça e acertou o travessão.

Sentindo um desconforto no tornozelo direito, Edu Dracena foi o terceiro substituído do Verdão, dando lugar a Thiago Martins.

Aos seis, Moisés recebeu fora da área e arriscou o chute, mas Sidão caiu para fazer a defesa. Quinze minutos depois, foi a vez de Dudu dominar na intermediária e tentar o arremate, mas a bola ficou novamente nas mãos do goleiro do Botafogo.

Retornando de lesão, Moisés foi a novidade na escalação palmeirense neste domingo (31). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Retornando de lesão, Moisés foi a novidade na escalação palmeirense neste domingo (31). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Dominando completamente as ações da partida no segundo tempo, o Palmeiras chegou ao gol aos 32 minutos: Moisés bateu de longe, Sidão rebateu e Erik chegou livre na entrada da pequena área para balançar as redes. (Botafogo 2×1 Palmeiras)

Aos 34, Rafael Marques avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Bem posicionado, Dudu tentou completar, mas não conseguiu direcionar a bola para o gol.

O Botafogo respondeu dois minutos depois com Camilo, que apareceu entre os zagueiros do Palmeiras e finalizou de pé esquerdo, mas Vagner saiu da meta e fez grande defesa.

Aos 41, Vinicius Tanque invadiu à área em direção à linha de fundo e foi derrubado por Vagner. O árbitro Héber Roberto Lópes anotou pênalti para o Botafogo. Na cobrança, Camilo bateu firme no canto esquerdo de Vagner e decretou o placar final no Luso-Brasileiro.(Botafogo 3×1 Palmeiras)

Escalação: Vagner; Jean, Edu Dracena (Thiago Martins), Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Moisés e Cleiton Xavier (Dudu); Róger Guedes (Rafael Marques), Erik e Leandro Pereira.

Cartões amarelos: Edu Dracena, Jean e Vitor Hugo

Gols

Botafogo: Neilton (18’ e 34’ – 1º tempo) e Camilo (41′ – 2º tempo)

Palmeiras: Erik (32′ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post