Jean revela foco para o clássico com o Santos: ‘Preparação dobrada’

Para se manter isolado na liderança do Brasileiro, o Palmeiras encara o Santos, nesta terça-feira (12), às 20h30,  no Allianz Parque, pela 14ª rodada da competição

Com um histórico recente de duelos com o time praiano, sobretudo em 2015, o lateral-direito (e volante) Jean sabe que será mais uma daquelas finais que poderão ajudar o Verdão na sequência do Nacional.

“No ano passado, a rivalidade se tornou algo mais forte. É um jogo diferente e será diferente amanhã. A nossa preparação está sendo dobrada, com mais concentração, mais ligados e mais determinados. Todo jogo é uma decisão, claro que não é amanhã que ganharemos o campeonato, mas com certeza é um jogo bem diferente”, declarou – na temporada passada, Palmeiras e Santos decidiram o título do Paulistão e da Copa do Brasil.

Suspensos após receberem o terceiro cartão amarelo contra o Sport, no último dia 04, em Recife-PE, Thiago Santos, Róger Guedes e Gabriel Jesus estão fora do clássico contra o clube alvinegro – além deles, Tchê Tchê e Moisés, ambos se recuperando de lesão, ainda são dúvidas para o confronto. O camisa 17, por sua vez, reconhece a importância de seus companheiros para o time paulista.

“Eles (Tchê Tchê e Moisés) criaram um entrosamento grande, e o passe deles é muito bom, os números dizem isso. O fundamental dos dois é o entrosamento, a função que fazem, cada um sabe o que o outro fará. E o momento que eles estão vivendo também, um momento único para os dois. Você percebe isso ao ver a alegria e a satisfação deles por estarem bem. Perderemos se eles não jogarem, mas o Cuca está preparado”, comentou o jogador, citando também o desfalque do atacante Jesus, artilheiro do Brasileirão com 10 gols marcados.

“Temos de encarar de uma forma natural, principalmente porque logo mais ele servirá a Seleção Olímpica. Temos de começar a trabalhar e ver algumas opções para a ausência dele. Temos de trabalhar para ele não fazer tanta falta. Lógico que fará falta porque todo jogador de qualidade faz, mas temos de trabalhar para não fazer tanta assim”, completou.

Jean concedeu coletiva na Academia de Futebol nesta segunda-feira (11). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Jean concedeu coletiva na Academia de Futebol nesta segunda-feira (11). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Já sobre o atual momento palmeirense no Campeonato Brasileiro, Jean pediu muita cautela.

“Não podemos trazer uma responsabilidade maior do que já temos. Temos de encarar de forma natural, sabemos que é difícil, mas as coisas vêm naturalmente. A gente vem trabalhando durante o ano, é um campeonato longo e temos de tomar cuidado para não trazer um peso muito grande para a gente. Temos de estar cada vez mais tranquilos e confiantes para que um dia possa vir o título. De uma forma natural e sem pressa, mas, principalmente, tendo responsabilidade”, explicou, destacando, porém, a maturidade dos jovens atletas do Verdão.

“O Cuca já deixou claro que é para colocarmos os pés no chão, está em nossa mente que não ganhamos nada ainda. Começamos a desenvolver um trabalho que ele (Cuca) deu início há um tempo. Não ganhamos nada ainda, conseguimos grandes resultados e nos mantivemos lá em cima na tabela, que é muito difícil no Brasileiro. Mas essa molecada está bem consciente, são jovens que possuem a cabeça boa, então dá para fluir bem o trabalho”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post