Opinião: Palmeiras 0 x 1 Atlético-MG – Que vacilo!

Em um jogo sem Prass e Gabriel Jesus, que estavam servindo a Seleção, e com o Allianz Parque lotado, o Galo conseguiu fazer o que nenhum time fez este ano: ganhar da gente em casa.

E lá se foi mais uma rodada do Campeonato Brasileiro 2016! Perdemos uma chance preciosa de despontar na primeira colocação, já que o Corinthians empatou com o Figueira fora de casa.

O Cuca tem tentado manter a velocidade na ausência do menino Jesus no ataque, colocando o jovem Erik em sua posição, acompanhado de Dudu e Róger Guedes. Quem viu o jogo, pôde perceber uma série de erros coletivos do elenco palestrino, dos volantes aos atacantes. Cleiton Xavier mal conseguiu dar passes, já que o time mineiro se fechou no meio campo e praticamente anulou a atuação do camisa 10, que ficou sobrecarregado sem Moisés, que se machucou.

Dudu até comentou sobre o time do Galo que se postou retrancado no meio campo:

“Quando não dá de um jeito tentamos, de outro. Tínhamos em mente tocar a bola, eles vieram com três volantes. Tentamos furar o bloqueio, infelizmente não conseguimos.”

O “fator surpresa” que decidiu a favor do Atlético-MG faltou ao Palmeiras. Incrivelmente, com exceção do Barrios, que procurou o jogo e buscou movimentação no setor ofensivo, todos os outros da posição estiveram bem abaixo. Sem nenhuma individualidade de destaque, até Edu Dracena tentou mexer com o time, jogando como meio campista.

No Brasileiro deste ano, o Atlético-MG foi o primeiro time a ganhar do Palmeiras no Allianz Parque. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

No Brasileiro deste ano, o Atlético-MG foi o primeiro time a ganhar do Palmeiras no Allianz Parque. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Com a janela de transferências do exterior fechada, nosso treinador agora precisa encontrar maneiras de variar a formação ofensiva, seja com um pivô ou um atacante com mais mobilidade, mas no segundo tempo do jogo, com dois centroavantes, o time sentiu a falta de um armador e passou a depender da bola parada.

Nós teremos dois confrontos consecutivos como visitante para manter a vantagem na liderança e evitar que os principais adversários encostem ainda mais, como o Corinthians, segundo colocado, que está agora com apenas dois pontos.

Após um mau início como visitante no Campeonato Brasileiro, temos mostrado um bom desempenho fora de casa nas últimas duas partidas, com o Sport na Ilha do Retiro e o Internacional no Beira-Rio.

Além do Botafogo no Rio de Janeiro, jogaremos contra a Chape, lá em Chapecó, no dia 4 de agosto.

FORÇA GUERREIROS! FALTA POUCO PARA O TÍTULO!

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post