“Em casa” no Mané Garrincha, Palmeiras vence Fluminense e segue líder

Mesmo jogando como visitante, o Verdão teve mais torcedores no estádio e postura de mandante dentro de campo para conseguir a vitória com autoridade.

No Mané Garrincha, o Palmeiras venceu o Fluminense pelo placar de 2 a 0, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dudu e Jean marcaram os gols do Alviverde, os dois no primeiro tempo

Com a vitória, a equipe segue na liderança do Brasileirão, com 43 pontos. O segundo colocado, com 40 pontos, é o Flamengo. Na próxima rodada, o Verdão recebe o São Paulo no Allianz Parque, no dia 7 de setembro (quarta-feira), às 21h45.

O jogo

Como já é tradicional, o Palmeiras começou a partida com muita intensidade, fazendo pressão na saída de bola adversária. Logo no segundo minuto de jogo, Gabriel Jesus, de volta ao Verdão depois de ganhar a medalha de ouro com a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, fez boa jogada pela esquerda e sofreu falta. O capitão Dudu cobrou e Mina, recuperado de lesão, quase conseguiu o cabeceio, mas a defesa tricolor mandou para escanteio.

O jogo era truncado, com divididas fortes e muitas faltas. Por isso, os dois times tentavam explorar os lances de bola parada. O Fluminense teve boas chances em três cobranças de falta com Gustavo Scarpa. A defesa alviverde, porém, levou as melhor em todas elas.

Aos 18, foi a vez do Verdão ter a oportunidade em cobrança de falta de Jean. O camisa 17 mandou a bola para a área, Diego Cavalieri não alcançou, Dudu apareceu na segunda trave e saltou para mandar a bola para o fundo da rede. (Fluminense 0 x 1 Palmeiras)

O capitão Dudu abriu o placar em Brasília. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O capitão Dudu abriu o placar em Brasília. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

O Verdão era melhor na partida, chegava com mais facilidade perto da área adversária e, pouco depois, aos 24 minutos, teve três chances para ampliar no mesmo lance. Dudu recebeu livre pela esquerda e tentou o cruzamento para Gabriel Jesus na pequena área, mas a defesa fluminense fez o corte.

Na sobra, foi a vez de Moisés mandar uma bomba na direção do gol e, desta vez, a bola explodiu em Mina, parando no meio do caminho. Depois disso, a bola chegou aos pés de Jean, que não desperdiçou e acertou um belo chute de fora da área para marcar um golaço no Mané Garrincha. (Fluminense 0 x 2 Palmeiras)

Os mandantes tentaram responder e, aos 30, depois de dividida entre Henrique Dourado e Mina, a bola sobrou para Wellington, que driblou Jailson e finalizou. Mas o goleiro palmeirense se recuperou na jogada e fez bela defesa para salvar o Verdão.

Com necessidade de se recuperar no placar, o Fluminense tentava pressionar, mas tinha dificuldades na armação de jogadas e não conseguia fazer a bola chegar aos atacantes tricolores. Antes do fim da primeira etapa, Erik recebeu pela direita e chutou para o gol, obrigando Cavalieri a fazer grande defesa para impedir o terceiro do Palmeiras.

A equipe carioca voltou com mudanças e um meio-campo mais leve, tentando manter a posse de bola, trocar passes e trabalhar bem a bola. Mas o Verdão tinha o contra-ataque: aos sete, Erik partiu em velocidade e tocou para Moisés, que cruzou rasteiro para Gabriel Jesus. O camisa 33 completou para o fundo da rede, mas estava em posição de impedimento e o gol foi anulado.

O Verdão continuava a fazer muita pressão na saída de bola e jogar com intensidade, mesmo já no segundo tempo. E foi assim que Gabriel Jesus roubou a bola e tocou para o volante Gabriel, que mandou uma bomba na direção do gol tricolor. Cavalieri conseguiu tocar e a bola ainda carimbou a trave antes de sair.

Aos 18, Cuca fez sua primeira substituição e colocou Róger Guedes no lugar de Erik. Aos 24, foi a vez de Moisés sentir cansaço e sair para a entrada de Cleiton Xavier. A terceira alteração do técnico palmeirense foi aos 29: Gabriel deu lugar a Arouca.

Apesar do Fluminense ainda tentar se recuperar, o Verdão tinha o domínio da partida e o torcedor alviverde, em maioria no Mané Garrincha e feliz com a superioridade no placar, gritava olé enquanto o time tocava a bola.

Antes do fim da partida, Gabriel Jesus fez bela jogada e passou para Dudu, que partiu em velocidade, driblou Cavalieri e finalizou. O lateral Wellington Silva chegou para tirar de carrinho e impedir mais um gol alviverde.

Escalação: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Arouca), Tchê Tchê e Moisés (Cleiton Xavier); Dudu, Erik (Róger Guedes) e Gabriel Jesus.

Cartões amarelos: Gabriel Jesus, Mina, Vitor Hugo, Dudu e Arouca.

Gols

Palmeiras: Dudu (18’ – 1º Tempo) e Jean (24’ – 1º Tempo).

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post