Allione aprova time alternativo contra o Botafogo-PB: ‘Lutar pela vaga’

O meia argentino Allione, que busca mais oportunidades entre os 11 iniciais do técnico Cuca, pode ser uma das novidades no confronto com os paraibanos.

Desgastados por conta das últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, os jogadores considerados titulares do Verdão terão uma merecida folga na partida desta quarta-feira (21), às 19h30, contra o Botafogo-PB, na Paraíba, pelo duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil – o primeiro encontro terminou 3 a 0 para o Alviverde.

“Para quem não vem jogando, é muito importante para mostrar o nosso futebol e trabalho para que o treinador possa confiar na hora de botar alguém para jogar. Será importante e tomara que a gente consiga uma vitória”, falou o camisa 15. “Acho importante (poupar) porque a gente vem de uma sequência de jogos muito difícil, e nesta etapa do campeonato qualquer jogo será difícil. Os titulares descansarão e terão uma folga de um jogo para estarem descansados para o próximo, além de darem oportunidade para quem não vem jogando”, emendou.

Allione, inclusive, garante muita determinação de todos os palmeirenses no embate desta quarta.

“A gente vai para este jogo com a mesma concentração de um jogo do Brasileiro, até mais porque o time reserva que está indo. Temos de mostrar o nosso futebol e levaremos com a mesma seriedade”, declarou. “Será importante para nós atuar em um jogo difícil e também para botar uma dúvida na cabeça do treinador. É bom também para, quando tivermos uma oportunidade, estarmos à altura do time”, completou o meia.

Allione pode ser titular na partida contra o Botafogo-PB. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+


Allione pode ser titular na partida contra o Botafogo-PB. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

E a ótima relação entre os atletas palestrinos, de acordo com o argentino, é o diferencial para o sucesso do clube nesta temporada.

“O ambiente ajudará muito o time, e é assim desde o começo do ano. Graças a Deus, o Palmeiras tem um grupo muito bom de pessoas e de qualidade”, destacou. “Eu tive uma sequência antes de me machucar. Tive a lesão, dois meses se passaram e o treinador já tinha um time que estava indo bem. Tenho de lutar para conseguir essa vaga que eu tinha antes de me machucar”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post