Após muita confusão, STJD pune Palmeiras com portões “semifechados”

Após pena inicial, de uma partida sem torcida e multa de R$ 80 mil, recurso do clube foi julgado no Pleno do STJD na manhã desta quinta-feira (01)

Na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Palmeiras foi novamente julgado na manhã desta quinta-feira (01), por incidentes entre as torcidas no jogo Flamengo 1 x 2 Palmeiras, no dia 05 de junho, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ao invés de portões fechados, os auditores tentaram estabelecer uma pena alternativa e após o extenso, e por vezes confuso, julgamento, ficou definida uma nova pena para o Palmeiras:

– 60 mil reais de multa, a serem destinadas para entidades filantrópicas
– 5 partidas sem carga de ingressos como visitante 
– 5 jogos com o setor Gol Norte do Allianz Parque vazio
– 10 jogos sem a presença de suas torcidas organizadas

Para os cariocas, foi estabelecida uma pena de 30 mil reais, 5 partidas sem carga de visitantes, 3 jogos sem 20% da capacidade do estádio e 10 jogos sem presença de torcidas organizadas.

Todas as decisões só serão validas após 10 dias da publicação, desta forma, o clássico com o São Paulo, na próxima quarta-feira (07), que já tem mais de 24 mil ingressos vendidos não sofrerá alterações.

Após recursos dos dois clubes, a intenção da Procuradoria do STJD para este julgamento era de aumentar a pena imposta tanto ao Palmeiras quanto ao Flamengo para cinco partidas com portões fechados. Em junho, o tribunal puniu os dois clubes pelos acontecimentos no estádio Mané Garrincha, em Brasília, no primeiro turno. O Verdão foi punido com multa de R$ 80 mil e a perda de um mando de campo, a partida deveria ser ainda disputada com portões fechados. Já o clube carioca foi multado em R$ 50 mil e perdeu um mando, mas sem os portões fechados.

Curiosamente, além da punição menor ao clube mandante (responsável pela segurança da partida), a punição ao Flamengo seria quase inócua, já que não levou em conta que o clube é forçado a mandar suas partidas fora do Rio de Janeiro, já que o estádio do Maracanã está cedido para os jogos olímpicos e paralímpicos.

STJD julgou o Palmeiras por problemas ocorridos na partida com mando do Flamengo. (Gustavo Rotstein/Globoesporte)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

STJD julgou o Palmeiras por problemas ocorridos na partida com mando do Flamengo.
(Gustavo Rotstein/Globoesporte)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post