Palmeiras segura pressão do Grêmio e segue na liderança isolada

Defendendo a liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras visitou o Grêmio, em Porto Alegre-RS, na noite deste domingo (11).

Mesmo com muita disputa e um jogo movimentado, as duas equipes não saíram do 0 a 0, em partida válida pela 24ª rodada do torneio nacional.

Com o resultado, o Verdão segue na ponta da tabela com 47 pontos, um a mais que o vice-líder Flamengo. As duas equipes se enfrentam na próxima quarta-feira (14), às 21h45, no Allianz Parque. Clique aqui e garanta seu ingresso!

O jogo

Apesar de consciente na marcação, o Palmeiras sofreu os primeiros sustos da partida. Aos dois minutos, após recuo errado, Jailson saiu para dividir com Walace. E aos 12, espalmou bom chute de Luan para escanteio.

A primeira chegada do Verdão veio aos 14, quando Gabriel Jesus limpou a marcação e a bola sobrou dentro da área, mas Marcelo Grohe saiu para afastar o perigo.

Dez minutos depois, Pedro Rocha foi lançado na direita, passou por Vitor Hugo e finalizou forte, mas a bola saiu à esquerda do gol.

Aos 27, o camisa 32 do tricolor teve nova chance ao receber passe de Douglas. Frente a frente com Jailson, o atacante finalizou, mas o goleiro palmeirense deixou a meta e fez grande defesa.

Na reta final do primeiro tempo, o Palmeiras procurou ter mais posse de bola e equilibrou as ações do jogo. Aos 37, Dudu cobrou falta na área, Thiago Santos cabeceou na trave e marcou no rebote. Mas a jogada foi anulada pelo assistente, que alegou impedimento do volante alviverde.

O equilíbrio se manteve no início da segunda etapa. Aos sete, Moisés cobrou falta à direita do gol. Cinco minutos depois, a resposta gaúcha veio em rápido contra-ataque: Douglas acionou Luan na direita, mas o gremista chutou cruzado pela linha de fundo.

As investidas do Grêmio eram mais frequentes e os tricolores seguiam pressionando. Aos 14, Luan rolou para Edílson, que limpou a jogada e bateu forte, mas Jailson fez boa defesa. Em cobrança de falta aos 17, o lateral-direito tentou novo chute, mas a bola explodiu na trave.

Buscando recuperar espaço no meio-campo e criar jogadas ofensivas, o técnico Cuca promoveu duas alterações. Aos 20, Róger Guedes deixou a partida e deu lugar a Cleiton Xavier. Já aos 24, Moisés foi sacado para a entrada de Lucas Barrios.

Grêmio e Palmeiras mostraram muita disposição, mas não balançaram as redes. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Grêmio e Palmeiras mostraram muita disposição, mas não balançaram as redes. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Sentindo dores, Gabriel Jesus foi o terceiro substituído aos 30, quando Rafael Marques entrou na vaga do camisa 33.

Segurando o ímpeto dos mandantes, o Verdão voltou a equilibrar o jogo e teve a melhor chance do jogo aos 35. Após cobrança de lateral, Gabriel raspou de cabeça dentro da área e Dudu acertou o travessão em um belo voleio.

O Grêmio só voltou a assustar aos 38. Douglas fez bom lançamento pelo lado direito, e Guilherme cabeceou à direita de Jailson.

Com emoção até o final, a partida seguia aberta até os últimos minutos. Aos 44, Dudu enfiou Rafael Marques em profundidade, o atacante tocou por cobertura, mas Marcelo conseguiu desviar a bola pela linha de fundo, salvando o tricolor.

Os cinco minutos de acréscimo foram de pressão dos gaúchos, mas o Palmeiras apertou a marcação e garantiu o empate fora de casa.

Escalação: Jailson; Gabriel, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés (Lucas Barrios); Dudu, Róger Guedes (Cleiton Xavier) e Gabriel Jesus (Rafael Marques).

Cartões amarelos: Edu Dracena, Gabriel e Jailson.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post