Com 10, Palmeiras cede empate ao Grêmio e deixa Copa do Brasil

Em jogo muito disputado, o Verdão empatou com o Grêmio por 1 a 1 no Allianz Parque e deixou o torneio, já que os gremistas venceram o duelo de ida por 2 a 1

Atual campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras encerrou na noite desta quarta-feira (19) a busca pelo tetra. O time palestrino volta todas as atenções para o Brasileirão. Faltando sete rodadas para o fim, o Palmeiras lidera o campeonato e tem mais um importante no próximo domingo (23), às 17h, diante do Sport, no Allianz Parque.

O jogo

Mesmo poupando alguns titulares, o Palmeiras mostrou a força de seu elenco desde os primeiros instantes. Aos 12 minutos, Egídio fez belo cruzamento e Barrios cabeceou no travessão de Marcelo Grohe.

Com mais posse de bola de presença ofensiva, o Verdão seguiu encurralando os gaúchos, que se lançavam em contra-ataques. Aos 24, Egídio foi à linha de fundo e cruzou para Allione, que bateu de primeira, mas Marcelo Oliveira se atirou para cortar em cima da linha.

A resposta gremista veio no lance seguinte, quando Pedro Rocha tabelou com Douglas e bateu rasteiro da entrada da área, mas a bola passou à direita de Jailson.

Aos 26, uma blitz palmeirense na área do Grêmio: na primeira tentativa, Gabriel Jesus passou de peito para Allione, que chutou travado por Kannemann; na sequência, Barrios tentou marcar, mas Marcelo Oliveira fez novo bloqueio, salvando o time tricolor.

Apesar da superioridade alviverde, a primeira etapa terminou zerada no Allianz Parque. Depois do intervalo, foi a vez do Grêmio começar pressionando, com uma boa chance logo aos três minutos: Douglas cruzou e Marcelo Oliveira cabeceou, mas Jailson se esticou para fazer grande defesa.

A empolgação tricolor, no entanto, não durou muito. Aos cinco, Cleiton Xavier cobrou escanteio na medida e Thiago Martins subiu para estufar as redes. (Palmeiras 1×0 Grêmio)

Com os gaúchos precisando do gol de empate para se classificar, a partida ficou mais aberta. Aos 12, Edilson fez boa jogada pela direita e a bola sobrou para Walace. O volante arriscou o tiro de fora da área, mas Jailson espalmou.

A partida ficou ainda mais apertada aos 20 minutos, quando Allione deu carrinho em Everton e recebeu cartão vermelho, deixando o Palmeiras com dez jogadores em campo.

Na sequência, Cuca promoveu as primeiras alterações no Verdão: Fabiano e Cleiton Xavier deixaram o jogo, para as entradas de Jean e Erik.

Aos 22, Ramiro aproveitou sobra da defesa palmeirense e finalizou forte, mas o Jailson desviou pela linha de fundo.

Para recompor o meio de campo, o técnico alviverde fez nova troca aos 25: Zé Roberto entrou na vaga de Cleiton Xavier.

Apesar de jogar com um a menos, o Palmeiras buscou apertar a marcação e segurar ao máximo a posse de bola. Mas aos 30 minutos, Everton recebeu de Douglas, driblou Jean e bateu no canto direito para empatar o confronto. (Palmeiras 1×1 Grêmio)

Na reta final da partida, o Palmeiras se lançou inteiro ao ataque, mas a insistente marcação gremista levou a melhor, segurando o placar de 1 a 1 até o apito final.

Escalação: Jailson; Fabiano (Jean), Edu Dracena, Thiago Martins e Egídio; Thiago Santos, Gabriel, Cleiton Xavier (Erik) e Allione; Gabriel Jesus e Lucas Barrios (Zé Roberto).

Cartão amarelo: Edu Dracena

Gols

Palmeiras: Thiago Martins (5’ – 2º tempo)

Grêmio: Everton (30’ – 2º tempo)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post