Egídio prega respeito ao América-MG e afirma: ‘Não é qualquer time’

Líder do Campeonato Brasileiro com 57 pontos, o Palmeiras volta a campo no domingo (09), às 17h, para enfrentar o América-MG, no Estádio do Café, em Londrina

Mesmo ciente da situação difícil em que o adversário se encontra, o lateral-esquerdo Egídio reconhece que o Verdão terá de suar bastante para superar o rival de Minas Gerais, principalmente pela necessidade dos mineiros em subir na tabela.

“Se a gente continuar se impondo, temos grandes chances de sairmos vitoriosos de campo. Acredito também que é bem mais difícil jogar contra o lanterna, afinal eles estão brigando para escapar (do rebaixamento) no fim do campeonato. Não sabemos o pensamento, mas com certeza eles virão para ganhar o jogo. Temos de nos impor, mas sabemos que será um jogo muito difícil, assim como foi contra o Santa Cruz”, comentou.

O camisa 6, inclusive, pontuou as qualidades da equipe do América-MG.

“Tem jogadores rápidos na frente, não é qualquer time, por mais que esteja na lanterna. Sabemos que qualquer time que vem para a Série A é organizado. Enfrentaremos dificuldades, temos de criar as nossas jogadas para fazer gol e segurar o máximo na defesa para não tomar”, afirmou o palmeirense, negando qualquer favoritismo do Palmeiras no duelo deste fim de semana.

No Palmeiras deste 2015, Egídio tem 62 jogos disputados com a camisa alviverde. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

No Palmeiras deste 2015, Egídio tem 62 jogos disputados com a camisa alviverde. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“O Cuca trabalha muito bem isso, essa questão que vem de fora. Todo mundo está falando que somos o grande favorito, mas a gente sabe que dentro das quatro linhas é 11 contra 11 e tudo pode acontecer. Ele (Cuca) sempre nos lembra para manter a concentração, firme e forte porque eles virão para vencer e temos de estar prevenidos”, disse.

Bicampeão brasileiro com o Cruzeiro (2013 e 2014), Egídio também usa a experiência para ajudar os companheiros de Verdão no Nacional.

“É uma satisfação e uma honra muito grande ser campeão brasileiro, é um dos campeonatos mais difíceis que existe no futebol. Para chegar à ponta é difícil, mas para se manter nela é ainda mais. Estamos há tantas rodadas à frente, e agora temos de ter muita concentração nesta reta final. Os times vão querer complicar a gente, mas estamos no caminho certo. Conseguimos abrir três pontos para o vice, que é o Flamengo”, finalizou o jogador.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post