Dracena destaca qualidade do grupo na disputa por vagas: ‘Uma guerra’

Com muita gente boa reunida em um só grupo, o camisa 3 vê um elenco totalmente focado pelo bem do clube, já que 2017 reserva competições importantes para o Alviverde

O zagueiro Edu Dracena respira títulos por onde passa. Campeão da Copa Libertadores, bi da Copa do Brasil e tri do Campeonato Brasileiro, o defensor usufrui de sua larga experiência na carreira para ser um dos líderes do atual elenco do Palmeiras, que conta com nomes importantes do futebol nacional e internacional.

“Quando muda o treinador, muda várias situações. De repente, quem estava jogando fica com um pé atrás porque todos se equiparam. Todos estão no mesmo nível, o Eduardo (Baptista) terá várias opções. Eu não falo titular porque a gente mostrou no ano passado que o grupo ganha. Não tem essa de titular, estamos aqui para, quando formos solicitados, fazermos bem feito. Isso faz um grupo vitorioso, o Palmeiras está no caminho certo”, apontou o defensor, que prega o respeito entre os atletas para um sucesso ainda maior nesta temporada.

“Todos têm de aprender isso. Não tem titular e nem reserva. Lógico que a gente fala titular e reserva, mas é um grupo. É escolha do treinador e temos de respeitar. Quando o time respeita as decisões do seu comandante, é um ponto importante para seguir a caminhada nas competições. Temos de pensar no bem do Palmeiras, e cabe ao treinador escolher o que é melhor”, disse.

Essa competição interna, porém, é vista com bons olhos pelo zagueiro de 35 anos.

“Será uma guerra grande para quem ficar entre os 28 (inscritos) do Paulista e na Libertadores também. Isso é bom, eleva o nível de atuação dos jogadores, acaba tendo uma competição saudável aqui para que consigamos o nosso objetivo. É um ano promissor para nós, temos de fazer o possível para conseguir os nossos objetivos”, declarou o palmeirense, mostrando toda a sua colaboração para que Eduardo Baptista faça história no Verdão.

Edu Dracena concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol após o treino desta quarta-feira (25). (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Edu Dracena concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol após o treino desta quarta-feira (25). (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

“É um cara estudioso, jovem, e está mostrando um talento grande como treinador. Ele fez grandes trabalhos em outros clubes. Eu acredito muito que possa dar certo, os jogadores estão entendendo a maneira como ele gosta de jogar. É um estilo de jogo diferente, mas não deixa de ser ofensivo, assim como o Palmeiras jogou no ano passado, marcando em cima e não deixando o adversário respirar”, explicou.

Fundamental na campanha que culminou no nono título brasileiro do Palmeiras, Dracena quer repetir as boas atuações do ano passado para conduzir a equipe alviverde a novas conquistas nesta temporada. E, se pintar a chance, o defensor também quer balançar as redes adversárias – o camisa 3 ainda não marcou com o manto palestrino.

“2017 será diferente, nos treinos já estão saindo vários gols (risos). Sairá na hora certa, o importante é ajudar como eu ajudei no ano passado, não tomando gol, sendo a defesa menos vazada do campeonato… Isso já é motivo de orgulho, e quem sabe neste ano possa surgir uma chance”, projetou. “Estou muito bem agora, tivemos três dias de treino separado. Procuramos trabalhar tanto na sexta e no sábado em dois períodos, isso faz você ganhar lá na frente. O momento é priorizar a parte física e muscular para aguentar a temporada toda. Para aguentar o ritmo, tem de estar bem fisicamente”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post