Relembrando Chapecoense, Hyoran projeta evolução no Palmeiras

Um dos heróis do saudoso elenco de 2016 da Chapecoense, o meia Hyoran foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira (13), na Academia de Futebol

Ainda jovem e com grandes ambições na carreira, o jogador estava ausente do voo da equipe catarinense que culminou na maior tragédia da história do futebol brasileiro. Agora no Verdão, o jogador projeta um sucesso ainda maior como atleta, mas lembra com carinho do período em que esteve em Chapecó-SC.

“Sou cristão e acredito em Deus, creio que tudo tem um propósito. Eu não ter ido viajar, não estar junto… É fácil acreditar nisso. É um momento de dificuldade, tantas perdas, mas acredito que Deus deu um propósito maior do que eu imaginava. Continuo acreditando que Deus guiará a minha vida da melhor forma possível”, falou. “É uma honra vestir a camisa do Palmeiras, o número 28 foi muito bem representado pelo Moisés. Quando recebi este número, achei muito bacana. Vestirei com a maior alegria”, completou.

E o encontro entre o novo camisa 28 alviverde e o seu ex-clube acontecerá em breve. No sábado (21), o Palmeiras disputa um amistoso com a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó-SC, para ajudar o time catarinense com a renda do duelo.

“Podemos levar para os dois lados. Carregar o peso por todas as perdas e levar a campo ou ver a reconstrução bonita que estão fazendo lá. O Palmeiras está fazendo esse amistoso de uma forma muito legal, é bom voltar lá e ver a reconstrução. Levarei sempre a perda, todos eram meus amigos, mas agora temos de seguir em frente e levantar a cabeça”, comentou o reforço.

Hyoran, por sua vez, não esconde a felicidade por poder atuar no atual campeão do Campeonato Brasileiro.

“Eu estou constantemente aprendendo e evoluindo. Um elenco que foi campeão brasileiro, não tem como comentar. São jogadores maravilhosos, de qualidade extrema, e contratações de alto nível. É muito gratificante chegar aqui, o meu objetivo é agregar. Quero estar junto, podendo ajudar dentro de campo e dar o meu melhor”, afirmou o palmeirense, que conta com a ajuda de uma pessoa muito importante para crescer na carreira.

“Desde criança, o meu pai me dava muitos conselhos e eu gostava de ouvir. Às vezes ouvir a palavra dele me fazia bem, ele fica de fora e vê as coisas de outra forma. Tudo que agrega eu gosto, e ouço ele porque entende de futebol e sempre fala para o meu bem e para eu evoluir”, disse. “Sou muito apegado ao meu pai e aos meus familiares, mas o meu pai não gosta muito de viajar e sair de Chapecó. Tenho de botar ele na mala e fazer ele dormir para vir (risos). Sei que logo mais eles estarão aqui para me visitar e conhecer esta estrutura sensacional em que estou trabalhando”, finalizou o meia.

Hyoran herdou a camisa 28 vestida por Moisés na última temporada. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Hyoran herdou a camisa 28 vestida por Moisés na última temporada. (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Ficha técnica: Hyoran

Nome: Hyoran Kauê Dalmoro
Posição: Meia
Naturalidade: Chapecó/SC
Nascimento: 25/05/1993
Altura: 1.74m
Clubes: Flamengo-SP, Chapecoense e Palmeiras

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post