Eduardo Baptista cobra concentração e avisa: ‘É outro campeonato’

Depois de conquistar a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista, o Palmeiras inicia a disputa com o Novorizontino por uma vaga nas semifinais

No próximo domingo (02), às 19h, o Verdão começa a decidir seu futuro no torneio estadual, em Novo Horizonte-SP. O técnico Eduardo Baptista, por sua vez, vê com bons olhos o fato de o Verdão poder realizar o segundo encontro desta fase como mandante.

“A gente tem se preparado para isso, falado com eles (jogadores) e dissemos que depois da Ponte Preta era outro campeonato. São jogos decisivos, com apelo de concentração maior. Estamos vendo uma equipe muito madura em campo, e é importante para este tipo de jogo. Fazer o segundo jogo em casa talvez seja o mais importante, pois temos tranquilidade para fazer a primeira partida fora e depois resolver em casa”, disse.

O comandante, porém, negou qualquer favoritismo para o time palestrino diante do rival do interior de São Paulo.

“No papel até pode ser, mas temos de comprovar em campo. Em Novo Horizonte, a logística é complicada, ficaremos a 100km de Novo Horizonte porque a cidade não tem um hotel que possa abrigar uma delegação. Mas este favoritismo tem de ser colocado em campo, jogando bem e sendo incisivo”, declarou o palmeirense, que estudou bastante o adversário deste fim de semana.

Em coletiva antes do treino, Eduardo Baptista projetou o duelo contra o Novorizontino. (Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Em coletiva antes do treino, Eduardo Baptista projetou o duelo contra o Novorizontino. (Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação)

“Cada jogo tem uma história. Como não o enfrentamos (na primeira fase), não podemos ver as dificuldades no campo. Mas temos o Departamento de Análise de Desempenho, vimos que o Novorizontino poderia ser o time que enfrentaríamos. Começamos a acompanhar os jogos, indo até os locais dos jogos, vendo vídeos… Temos informações, mas o fato de não ter enfrentado é um fato importante. Não que isso atrapalhará, mas teríamos mais informações”, comentou.

Já sobre a escalação do Palmeiras para o primeiro embate, Baptista manteve o mistério.

“Rodamos o elenco nas últimas três rodadas, demos oportunidade a todos. Temos uma equipe encaixada, sabemos qual é. Agora não tem mais volta, são apenas dois jogos e não tem o depois. Temos de aumentar a concentração, e a chance que tiver tem de ser convertida para não nos arrependermos depois. A equipe que entendemos ter o melhor encaixe será a que irá entrar em campo”, finalizou o técnico.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post