Hyoran avalia estreia e elogia preparação especial: ‘Me sinto melhor’

Apesar de o resultado final não ter sido favorável para o Palmeiras, o jogo contra a Ponte Preta, na última quarta-feira (29), em Campinas-SP, reservou um momento especial para o meia Hyoran

Contratado junto à Chapecoense, o jovem de 23 anos estreou com a camisa do Verdão em uma partida oficial diante da Macaca, sendo que por muito pouco não deixou a sua marca logo em seu debute como palestrino.

“Fiquei feliz com a minha atuação, pude me sair bem na estreia, fiz um jogo tranquilo. A derrota não foi legal, mas eu consegui desempenhar um bom papel. Fiz o que o Eduardo Baptista pediu da melhor forma”, contou o atleta, que lembrou do lance que quase culminou em seu primeiro gol com o manto palmeirense.

“O Aranha (goleiro da Ponte Preta) foi muito bem naquele momento e surpreendeu. Na minha visão, do jeito que eu chutei, eu estava saindo para comemorar”, afirmou. “Rolei umas cinco vezes na cama, sonhei, imaginei como seria… Seria um sonho fazer um gol em minha estreia, mas foi uma boa partida. O resultado não foi o que eu almejava, mas para mim foi muito bom estrear bem”, completou o jogador, que também atuou no amistoso contra a Chape, em janeiro deste ano.

A chance de estrear pelo Palmeiras, no entanto, não parecia estar tão perto no começo de 2017. Fora da lista de inscritos do Campeonato Paulista por falta de vagas, Hyoran ganhou uma nova oportunidade de participar do Estadual por conta da lesão do volante Arouca e, por isso, figurou entre os relacionados para o duelo com a Ponte Preta. O período sem embates oficiais, porém, motivou ainda mais o meia alviverde para evoluir no clube.

“Antes mesmo da lista do Paulista sair, ele (Eduardo Baptista) conversou comigo, explicou a situação e mostrou a qualidade do elenco que temos. Ele disse que eu tinha capacidade para estar lá, e eles me acompanhariam. Foi o que aconteceu, ele sempre me dá respaldo. Quando posso, sempre converso com ele”, falou. “O Eduardo é um cara muito honesto, vimos isso desde que ele chegou. Assim ele ganha a confiança do grupo e conseguiremos os nossos objetivos”, emendou, destacando a qualidade de seus companheiros.

O meia Hyoran fez seu primeiro jogo oficial com a camisa alviverde. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O meia Hyoran fez seu primeiro jogo oficial com a camisa alviverde. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

“A concorrência no grupo é boa e sadia, não tem como não falar dos jogadores, todos têm qualidade. Quando você tem alguns minutos em campo, tem de fazer da melhor maneira e mostrar o motivo de estar aqui. Foi isso que tentei fazer”, explicou.

Outro fator importante para o crescimento do palmeirense dentro das quatro linhas foi o ganho de massa muscular – já são cinco quilos a mais desde a sua chegada à equipe.

“Agregou um pouco de tudo. A massa com agilidade e força me ajuda até em dribles, divididas, me sinto melhor e mais preparado. Temos jogos do Paulista, mas também temos da Libertadores, que são mais duros. Ganho de massa ajuda nesses jogos com muito contato”, relatou. “Eu tive de comer bastante, cuidar e trabalhar. Tenho de agradecer a todos do Palmeiras que me deram esse suporte”, finalizou o camisa 28.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post