Keno recorda difculdades e volta por cima: ‘Ninguém acreditava em mim’

Hoje com um cenário totalmente diferente do que encontrava no passado, o palestrino não poupa agradecimentos aos seus verdadeiros motivadores na carreira

Aos 27 anos de idade, Keno vive um sonho dentro do Palmeiras. Um dos atacantes do atual campeão brasileiro e com grandes metas para 2017, o jogador se emociona ao recordar do período difícil que passou antes de se tornar um atleta profissional no futebol, já que não teve a oportunidade de ter a experiência de usufruir das categorias de base de um clube.

“Com 22 anos, ninguém acreditava em mim. Os meus pais falavam que eu conseguiria. Todos falavam que eu teria de ter passado pela base, e isso me incomodava. Consegui pela força de vontade, pela várzea, pela pelada… Em um fim de semana, um cara me viu e disse: ‘você tem futuro’. Ele me deu muita força, é um amigo meu. A partir desse dia, eu me entreguei e consegui alcançar os meus objetivos”, contou.

Autor de um dos gols da goleada por 4 a 1 sobre a Ferroviária, no último sábado (25), no Allianz Parque, o palmeirense continua traçando objetivos importantes para a sua vida como jogador, desta vez no Verdão. Porém, ciente da forte concorrência no elenco alviverde, Keno mantém o respeito pelos companheiros de grupo.

“Todo mundo quer brigar por uma vaga, e eu venho trabalhando para isso. Eu não estou aqui para tirar a vaga do Dudu, pois ele foi muito importante no Brasileiro do ano passado. Mas este ano temos Paulista, Libertadores, desgaste das viagens… Temos de estar preparados”, declarou o atacante, que rasgou elogios aos amigos de Palmeiras.

Keno concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta quarta (01). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Keno concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta quarta (01). (Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

“A cada dia de trabalho a gente vai se adaptando. Eu cheguei e fiquei feliz pelo grupo que encontrei, não tem vaidade. No primeiro dia já teve brincadeiras, fiquei muito feliz, afinal não é todo grupo que você chega e todos te abraçam”, comentou. “O grupo vem trabalhando forte, e eu também. O grupo é bom, do meio para a frente temos de trabalhar para ajudar o Palmeiras. Venho buscando o meu espaço”, completou.

Já sobre o rendimento do Alviverde, o camisa 27 vê a vitória contra a Ferroviária como um bom exemplo de como o Verdão deve se comportar dentro das quatro linhas.

“Temos de trazer a torcida para nós. Temos de entrar como no último jogo, esse é o Palmeiras que tem de jogar em casa e fora, tem de agredir o tempo todo e fazer o gol na hora certa. Os torcedores vêm para o estádio para ver gols, mas temos de ter tranquilidade”, finalizou Keno.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post