Baptista pede ‘concentração’ e cobra atitude: ‘Não pode acontecer’

Jogando em Campinas-SP, o Palmeiras perdeu para a Ponte Preta por 3 a 0, neste domingo (16), em duelo válido pelas semifinais do Campeonato Paulista

Após o resultado ruim fora de casa, o técnico Eduardo Baptista comentou a atuação palestrina nesta tarde e projetou o duelo de volta com a Macaca, marcado para sábado (22), às 19h, no Allianz Parque.

“Foi uma derrota ruim, acontece, mas não queríamos deste jeito. Agora temos de ter equilíbrio, trabalhar e recuperar os atletas. Tivemos uma semana desgastante, agora trabalharemos para reverter”, declarou. “O grupo tem de se mostrar forte e trabalhar com seriedade na semana, sempre com concentração para buscarmos o resultado contra a Ponte Preta”, emendou.

O treinador, inclusive, viu uma equipe muito diferente daquela que venceu o Peñarol-URU, na última quarta (12), em São Paulo.

“Hoje estávamos sem reação, não foi aquele Palmeiras agressivo do último jogo (contra o Peñarol). Aquele time não veio para Campinas hoje”, afirmou, detalhando o esquema utilizado diante da Ponte.

“Era um jogo decisivo e tínhamos de colocar força máxima. Não havia motivo para pouparmos ninguém. O desejo do Palmeiras é conquistar o Paulista e viemos para o jogo com o que temos de melhor”, disse. “A Ponte viria para o jogo da vida, é uma equipe que busca um título. Não pode acontecer essa passividade. O Palmeiras é um grande time, mas com essa passividade fica um time que pode ser batido”, finalizou.

O Palmeiras volta a campo no sábado (22), às 19h, para encarar a Ponte Preta, no Allianz Parque, pela partida de volta das semifinais do Campeonato Paulista. Pela Conmebol Libertadores Bridgestone, o time alviverde joga novamente apenas no dia 26 de abril (quarta-feira), às 21h45, contra o Peñarol-URU, no Uruguai.

'Hoje estávamos sem reação, não foi aquele Palmeiras agressivo do último jogo', analisou Eduardo Baptista. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

‘Hoje estávamos sem reação, não foi aquele Palmeiras agressivo do último jogo’, analisou Eduardo Baptista. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post