Jogadores enaltecem entrega alviverde na vitória: ‘Lutamos até o fim’

Em jogo eletrizante do começo ao fim, o Palmeiras superou o Peñarol-URU, no apagar das luzes do Allianz Parque lotado, pelo placar de 3 a 2

O duelo foi válido pela 3ª rodada da Conmebol Libertadores Bridgestone. Além da liderança garantida do Grupo 5 da competição sul-americana com 7 pontos, a partida mostrou mais uma vez que o torcedor palmeirense resiste bem às fortes emoções.

Autor da testada que levou o Allianz Parque abaixo, o lateral Fabiano, emocionado, enalteceu o amadurecimento da equipe em jogos do torneio continental.

“Libertadores é assim. Mesmo com um a menos, lutamos até o fim. Em nenhum momento desistimos. O elenco está de parabéns pela entrega. Temos de aproveitar as chances em uma competição difícil como essa. Em casa, na Libertadores, sempre precisamos vencer”, falou.

Fabiano marcou seu segundo gol pelo Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Fabiano marcou seu segundo gol pelo Verdão. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Sobre a “catimba” do rival, o goleiro Fernando Prass lembrou que a escola uruguaia é aplicada neste fundamento em jogos de Libertadores.

“Temos de que o futebol sul-americano não vai mudar. Eles tentam picar, reduzir o jogo. A gente tem de jogar o máximo possível. Criamos chances e jogamos futebol. Não temos de competir na catimba, e sim na bola”, lembrou.

Willian também discursou sobre a postura do rival.

“É espírito de Libertadores. O time do Peñarol é chato, gosta de provocar o tempo todo. Nosso time não caiu nessa pilha. O jogador deles ganhou 2 ou 3 minutos nos acréscimos. Pela circunstância da partida, tínhamos tudo para vencer. O time está de parabéns e temos de valorizar a vitória”, disse.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post