Animado, Luan quer retribuir confiança do Palmeiras: ‘Gratidão eterna’

Recuperado de uma cirurgia no pé direito, Luan foi apresentado na Academia de Futebol, nesta segunda-feira (05)

A chegada do zagueiro Luan ao Palmeiras fugiu um pouco da normalidade. Há quase dois meses no clube, o defensor assinou com o Verdão sabendo que demoraria um período considerável para poder estar em campo com o manto palestrino, tudo por conta da necessidade da realização de uma cirurgia no pé direito para estar 100% durante esta temporada.

“Esta estrutura, o projeto que me apresentaram… Agora é dar tudo em campo. Quero retribuir o que o Palmeiras fez por mim. Uma coisa eu sempre falarei, mesmo após terminar a minha carreira. Eu sou muito grato ao Palmeiras, é muito difícil um clube contratar um jogador lesionado e recuperar este jogador para estar pronto para vestir a camisa. Espero retribuir o que o Palmeiras fez por mim”, afirmou.

As dependências do Palmeiras também foram destacadas pelo reforço.

“A estrutura do clube, tanto do centro de treinamento quanto do estádio, eu nem preciso falar. É coisa de primeiro mundo. Quando eu cheguei, eu até brinquei com o pessoal dizendo que nunca havia visto algo parecido. O Palmeiras está de parabéns, espero fazer um bom trabalho aqui”, falou o jogador, que já se colocou à disposição do técnico Cuca.

Recuperado de uma cirurgia no pé direito, Luan foi apresentado na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Recuperado de uma cirurgia no pé direito, Luan foi apresentado na Academia de Futebol. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

“Estou muito feliz, eu não via a hora de este momento acontecer. Eu já sabia da concorrência, foi um dos maiores motivos para eu vir. Chegou o meu momento, chegou a hora de eu estar à disposição do professor Cuca. Se ele precisar mim, poderá contar com um atleta dedicado com tudo o que ele pedir”, disse. “Já me sinto bem, o que me falta é o ritmo de treino, ainda não fiz coletivo e treino com o campo aberto”, emendou.

Outro fator que motiva ainda mais o zagueiro a ter sucesso no Verdão é a torcida. Desde que firmou vínculo com a equipe, em abril, Luan acompanhou todos os jogos do Alviverde dentro do Allianz Parque e gostou bastante do que encontrou na casa palmeirense.

“Eu estive em todos os jogos desde que eu cheguei. Não vi um jogo com menos de 30 mil pessoas, sempre com a torcida apoiando e incentivando. Graças a Deus, eu estou em um momento familiar bom, a minha esposa está grávida. Ela foi a um jogo e até brincou dizendo: ‘Aqui eles não param de cantar’. Ela estava com um pouco de sono por causa da gravidez e não deu para dormir (risos). Eu estou apaixonado, literalmente apaixonado”, declarou.

O ambiente da capital paulista também agradou o jovem de 24 anos.

“A cidade é boa, totalmente diferente do Rio de Janeiro, mas estou muito adaptado.  Gosto de programas mais tranquilos, sair para jantar. Estou morando aqui perto, é um povo muito acolhedor. Moro em um bairro que só tem palmeirenses, estou me sentindo em casa e muito feliz. Espero retribuir tudo isso dentro de campo”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post