Com gol de Borja, Palmeiras derrota o Atlético-GO por 1 a 0

Na noite desta quarta-feira (21), o Palmeiras superou o Atlético-GO pelo placar de 1 a 0, no Allianz Parque, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Verdão se manteve entre os melhores mandantes da competição até aqui, com três vitórias e um empate, além de oito gols marcados e apenas um sofrido em casa. O tento palestrino foi marcado por Miguel Borja, artilheiro do time no torneio com três gols.

O triunfo também proporcionou a conquista de algumas marcas ao Verdão. A equipe chegou a 27 jogos sem revés no Allianz Parque (21 vitórias e seis empates) e ampliou a maior sequência invicta no estádio remodelado desde sua inauguração, em 2014. No total de partidas na arena, o Verdão soma agora 81 jogos, com 55 vitórias, 14 empates, 12 derrotas, 149 gols marcados e 61 sofridos. Dudu, com 15 tentos, é o artilheiro da casa palmeirense.

Além disso, o Alviverde é o maior invicto entre os mandantes dos times das Séries A, B, C e D do torneio na atualidade, com 29 partidas sem revés (27 no Palestra, uma no Pacaembu e uma na Fonte Luminosa). Esta marca também representa a sequência mais longa sem derrota do clube com o mando de campo a favor neste século.

A esquadra palestrina volta a campo no domingo (25), às 16h, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Já pela Copa do Brasil, o Verdão inicia sua caminhada nas quartas de final do torneio na próxima quarta-feira (28), às 21h45, contra o Cruzeiro, no Allianz Parque.

O jogo

Disposto a ir com tudo para cima do rival rubro-negro desde o início, o Palmeiras esbarrou na forte marcação atleticana. A equipe treinada por Doriva buscou surpreender o Verdão nos contra-ataques e conseguiu a primeira chance perigosa do jogo aos 18 minutos, com Andrigo, que teve sua finalização interceptada por Fernando Prass.

Para furar o ferrolho rival, os pontas Keno e Róger Guedes eram muito acionados no comando de ataque. Borja, em substituição a Willian, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, tinha marcação às vezes duplicada pela retaguarda rival. No entanto, aos 36, novamente em contra-ataque, a zaga palmeirense deu bobeira, e Everaldo apareceu sozinho na grande área. Na finalização, o atacante mandou para fora e desperdiçou a melhor oportunidade da partida para o Atlético.

O lance acordou o Verdão, que pressionou o rival nos instantes finais do primeiro tempo. Aos 42, em cobrança de escanteio, Guerra mirou Mina, que foi desarmado na hora certa pela defesa. Três minutos depois, enfim, o gol alviverde saiu: em belo lance pela direita, Róger Guedes cruzou para dentro da área. Borja, bem posicionado, mandou para as redes. (Palmeiras 1×0 Atlético-GO)

Borja marcou o único gol do jogo. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Borja marcou o único gol do jogo. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Melhor postado no segundo tempo, o Palmeiras controlou melhor a partida e não permitiu a conclusão dos contra-ataques por parte do rival. Aos 16, em belíssima jogada de Guerra, Borja ficou cara a cara com o goleiro Felipe, que salvou o time rubro-negro de levar o gol.

Aos 23 minutos, o técnico Cuca promoveu a primeira alteração na equipe: recuperado de lesão muscular, o atacante Dudu, artilheiro do Allianz Parque com 15 gols, entrou no lugar de Keno e pôs fogo no setor ofensivo do Verdão, provocando cartões amarelos para os defensores adversários. Aos 32, Luan também veio para o duelo no lugar de Tchê Tchê.

O camisa 7, inclusive, teve sua primeira chance aos 35: após ação pela direita, Róger Guedes mandou rasteiro para dentro da área. Dudu, em velocidade, finalizou por cima e desperdiçou grande oportunidade de ampliar. A resposta atleticana veio no lance seguinte: Junior Viçosa invadiu a área e chutou rasteiro. Prass, como um gato, evitou o empate.

Aos 37, em novo ataque palestrino, Guerra tentou surpreender Felipe com belo toque de cobertura, mas o arqueiro rival fez grande defesa. Dois minutos depois, na última alteração de Cuca, Borja deu lugar a Raphael Veiga. Nos instantes finais, o Atlético tentou incomodar, mas não ameaçou mais uma vitória palestrina no Allianz Parque.

Escalação: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Yerry Mina e Egídio; Jean, Tchê Tchê (Luan) e Guerra; Róger Guedes, Keno (Dudu) e Borja (Raphael Veiga)

Gol

Palmeiras: Borja (46’ – 1ºT)

Cartões amarelos: Yerry Mina, Guerra

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post