Cuca faz mistério e mostra confiança no Brasileiro: ‘Muito chão ainda’

Depois da longa viagem ao Equador, o Palmeiras está de volta ao Brasil para se preparar para o duelo com o Cruzeiro

A reapresentação do elenco palestrino aconteceu nesta sexta-feira (07), na Academia de Futebol, mas o técnico Cuca ainda mantém o mistério com relação à equipe titular que enfrentará os mineiros, no próximo domingo (09), às 16h, no estádio do Mineirão, pela 12a rodada do Campeonato Brasileiro

“É uma sequência dura, os jogos que passaram e os que vêm. Temos Cruzeiro, Corinthians, Vitória, Flamengo… O campeonato é duro, intercalando com Copa do Brasil e Libertadores se torna mais difícil. Chegamos ontem (quinta) à noite, é natural descansar os titulares e treinar quem não jogou. Amanhã (sábado) faremos a união de todos e definiremos o melhor que poderemos levar”, declarou o comandante, ressaltando o grande desgaste do time após o confronto com o Barcelona-EQU, pela Conmebol Libertadores Bridgestone.

“Sem dúvida, se eu puder levar o que tenho de melhor dentro da recuperação deles, formaremos a equipe mais forte que temos. Muito se ouve falar de repetição de time, mas não tem como, tem jogador suspenso, tem uns que não podem jogar determinada competição. Você acaba usando o elenco”, analisou.

Cuca falou com a imprensa nesta sexta-feira (07), antes do duelo contra o Cruzeiro. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Cuca falou com a imprensa nesta sexta-feira (07), antes do duelo contra o Cruzeiro. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Agora com o pensamento voltado ao Brasileirão, Cuca exaltou a campanha do Verdão no torneio.

“Em relação à nossa campanha do ano passado, temos três pontos a menos. Não tem nada anormal com a nossa campanha, estamos entre os quatro primeiros. O jogo do Grêmio foi muito bom, o da Ponte foi bom, o do Bahia foi bom. O nosso momento não é ruim. Podemos fazer um jogo bom domingo também. Tem muita coisa para rolar ainda, confronto direto, grandes jogos pela frente. Tem muito chão ainda”, disse o palmeirense, que vê o clube em uma situação diferente da vivida em 2016.

“No ano passado, o Palmeiras teve duas semanas para encher o tanque e cuidar só do Brasileiro. Priorizamos o Brasileiro, até pusemos o time reserva na Copa do Brasil e estávamos fora da Libertadores. Neste ano é diferente, o Palmeiras está dentro da Libertadores”, finalizou.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post