Palmeiras empata com o Cruzeiro em Minas, mas deixa a Copa do Brasil

O Palmeiras empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro na noite desta quarta-feira (26), no Mineirão, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil

O resultado não garantiu a classificação ao Verdão, que ficou próximo da vaga até os instantes finais do jogo, com gol marcado por Keno.

O duelo foi o quarto do Alviverde no Mineirão pela competição nacional. O local entrou para o top 5 dos estádios que mais receberam partidas do Palmeiras no torneio – empatado com Arena Barueri, Couto Pereira, Governador Alberto Tavares Silva (Albertão) e Olímpico de Porto Alegre. Maracanã (4º, com cinco jogos), Castelão (3º, com seis), Pacaembu (2º, com nove) e Palestra Italia/Allianz Parque (1º, com 52) encabeçam a lista.

A equipe palestrina volta a campo no próximo sábado (29), às 19h, contra o Avaí, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão é o atual quinto colocado na tabela da competição nacional com 26 pontos conquistados.

O jogo

A partida decisiva pela vaga nas semifinais da Copa do Brasil começou truncada e equilibrada, com poucas jogadas trabalhadas. O número de faltas se elevou ao longo do período pela postura defensiva de ambas as equipes.

O Cruzeiro chegou a assustar em alguns momentos, mas nada que comprometesse a boa atuação defensiva do Verdão. As melhores oportunidades palestrinas da etapa inicial vieram pelas pontas, em jogadas de Róger Guedes e Dudu.

Na segunda etapa, o técnico Cuca armou a equipe para o ataque com as entradas de Keno e Raphael Veiga nos lugares de Guerra e Felipe Melo, respectivamente. Necessitado do resultado, o Verdão partiu para cima do Cruzeiro e teve a primeira chance efetiva aos 14 minutos: após cruzamento de Róger Guedes, Borja chegou batendo para o gol, mas acertou Murilo no meio do caminho, que salvou o time mandante.

Thiago Santos iniciou entre os titulares. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Thiago Santos iniciou entre os titulares. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Seis minutos depois, foi a vez de Raphael Veiga experimentar de fora da área e, com perigo, tirar tinta do poste direito do goleiro Fabio. De tanto insistir no ataque, o Verdão colheu os bons frutos: aos 25, após rebatida do arqueiro cruzeirense, Keno chutou de primeira, e, com desvio no meio do caminho, abriu o placar para o Verdão no Mineirão. (Cruzeiro 0x1 Palmeiras)

A partir de então, os donos da casa vieram para a pressão em busca do resultado. De olho na defesa, Cuca sacou Dudu e colocou Tchê Tchê, que ficou responsável pela proteção da zaga com Thiago Santos. No entanto, aos 39 minutos, Diogo Barbosa empatou o jogo. (Cruzeiro 1×1 Palmeiras)

Nos minutos finais, o Verdão se lançou ao ataque em busca do segundo gol. Apesar das tentativas e da defesa salvadora de Jailson em cavada de Arrascaeta nos acréscimos, a equipe alviverde se despediu da competição.

Escalação: Jailson; Jean, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Felipe Melo (Raphael Veiga), Thiago Santos e Alejandro Guerra (Keno); Róger Guedes, Dudu (Tchê Tchê) e Borja

Gols

Palmeiras: Keno (25’ – 2ºT)

Cruzeiro: Diogo Barbosa (38’ – 2ºT)

Cartões amarelos: Yerry Mina, Egídio e Edu Dracena

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post