Palmeiras sofre revés para o Cruzeiro por 3 a 1 em Belo Horizonte

Pelo placar de 3 a 1, o Palmeiras foi superado pelo Cruzeiro na tarde deste domingo (09) pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

O tento palmeirense foi marcado pelo atacante Willian, que balançou as redes 12 vezes com a camisa do clube palestrino – sendo o segundo dele na competição nacional. O atacante, inclusive, é o artilheiro do Verdão na temporada, seguido de Borja e Dudu (sete gols) e de Róger Guedes e Guerra (seis gols).

Com esta participação diante da equipe Celeste, o goleiro Fernando Prass – que completa 39 anos neste domingo – e o atacante Róger Guedes agora somam 12 jogos pelo Verdão no Brasileirão de 2017: eles atuaram em todas as partidas possíveis desta edição até o momento.

O adversário da vez também concorre com o Verdão por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. No último dia 28, as equipes travaram uma emocionante batalha que terminou em igualdade por 3 a 3, no Allianz Parque – o Alviverde saiu perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo, mas buscou o empate na segunda etapa, pressionou e por pouco não saiu vitorioso. O jogo de volta entre os dois times pelas quartas de final do torneio nacional está marcado para o próximo dia 26 (quarta-feira), às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Já o próximo compromisso do Verdão, de acordo com o calendário vigente, será pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Corinthians, na próxima quarta-feira (12), às 21h45. O Verdão entra em campo para defender uma invencibilidade de 31 jogos como mandante geral (independentemente do estádio) – 28 jogos dessa série foram no Allianz Parque, será o palco deste encontro. Além disso, o Alviverde, se vencer, ainda poderá quebrar uma sequência invicta de 26 jogos do rival no retrospecto geral e, consequentemente, sua invencibilidade no Campeonato Brasileiro de 2017.

O jogo

Por terem cumprido suspensão na partida diante do Grêmio, no Pacaembu, pela 11ª rodada, Mina e Tchê Tchê (terceiro cartão amarelo e expulsão, respectivamente) voltaram a figurar no time de Cuca em partida válida pelo torneio nacional. O meia Alejandro Guerra, que também cumpriu suspensão contra o Tricolor Gaúcho na rodada anterior, é outro que já poderia voltar a atuar neste domingo, mas foi dispensado para tratar de problemas pessoais.

A defesa do Verdão precisou trabalhar logo no primeiro minuto de jogo. Um chute rasteiro do volante Henrique, após receber de Rafael Sobis, exigiu a atenção do goleiro Fernando Prass, que defendeu.

Logo em seguida, porém, o Verdão também passou a criar oportunidades, articulando jogadas no meio de campo com Tchê Tchê e Bruno Henrique. A finalização do atacante Willian foi a primeira grande chance do Alviverde: aos oito minutos, após receber de Róger Guedes, que tabelara com o lateral Mayke, o camisa 29 se esticou para vazar a meta mineira e quase deixou o Palmeiras na frente.

E não parou por aí: aos 14, Bruno Henrique também assustou o goleiro adversário, Fábio, ao cobrar a falta sofrida por Egídio. A bola passou pela direita do arqueiro rival e levantou a torcida palmeirense.

Aos 18 minutos, um lance polêmico: pela direita, Róger Guedes chegou a invadir a área cruzeirense, caiu e pediu pênalti. O árbitro Pericles Bassols viu tudo e mandou o jogo seguir, revoltando os jogadores alviverdes que estavam no lance e também o técnico Cuca.

A partir dos 30 minutos, o Verdão começou a ver o time da casa crescer e se impor no Mineirão. Em jogada individual, o meia Alisson encontrou o atacante Thiago Neves para, quase sem ângulo, bater na saída de Prass e abrir o marcador. (Cruzeiro 1×0 Palmeiras)

Mesmo após sofrer o gol, o Alviverde continuou respondendo com as bolas longas e jogadas aéreas. Até manteve a posse de bola superior ao adversário, mas não obteve o êxito esperado nos momentos em que deveria finalizar. Agitado no banco de reservas, Cuca instruiu os seus atletas o tempo todo a fim de que o time reagisse.

O Cruzeiro, no entanto, encerrou o segundo tempo ainda mais tranquilo chegou no marcador, após a chegada de Lucas Romero, que, de fora da área, arriscou e contou com o desvio em Hudson no caminho para enganar o goleiro Fernando Prass e fazer o segundo do time Celeste. (Cruzeiro 2×0 Palmeiras)

No intervalo, a troca de Mayke por Keno deixou o Palmeiras ainda mais ofensivo na tentativa de buscar o resultado fora de casa durante a segunda etapa. E surtiu efeito! Após continuar sob domínio da posse de bola, o Verdão pressionou e diminuiu.

O Verdão não se deixou abalar. Até que, aos 16, Willian recebeu assistência de Róger Guedes para gol Palmeiras em jogada que contou com a participação de Tchê Tchê. (Cruzeiro 2×1 Palmeiras)

Róger Guedes deu assistência para o gol do Palmeiras. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Róger Guedes deu assistência para o gol do Palmeiras. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Após vazar o Cruzeiro, o time alviverde se motivou em campo e buscou mais um gol em território rival. Em um lance de bate-rebate aos 27 da segunda etapa, na área cruzeirense, por pouco o zagueiro Luan, de cabeça, não marca o segundo do Verdão.

Aos 30, Fernando Prass ainda fez uma defesa dificílima, no reflexo, após cabeçada de Sassá. Era o momento perfeito para uma arrancada. Zé Roberto e Egídio, ao longo da segunda etapa, ainda deram lugar para a entrada de Raphael Veiga e Michel Bastos (respectivamente), mas o time comandado por Cuca poucas oportunidades criou após a segunda metade da derradeira etapa.

Já nos minutos acréscimos, o Cruzeiro ainda conseguiu marcar o terceiro, com Élber, após invadir a área e chutar rasteiro – Prass e Raphael Veiga ainda tentaram impedir, mas o gol foi marcado e dirimiu qualquer reação do Palmeiras em busca pela soma de pontos fora de casa nesta rodada.

Palmeiras: Fernando Prass, Mayke (Keno, intervalo), Mina, Luan, Egídio (aos 37’/2ºT), Bruno Henrique, Tchê Tchê, Zé Roberto (Raphael Veiga, aos 32’/2ºT), Róger Guedes, Willian e Dudu. Técnico: Cuca.

Cartões amarelos: Mayke, Tchê Tchê, Willian e Dudu

Gols: Thiago Neves (31’/1ºT) (1-0) e Hudson(41’/1ºT) (2-0); Willian (16’/2ºT) (2-1); Élber (46’/2ºT)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post