Cuca lamenta revés com equipe alternativa e elogia retorno de Moisés

O Palmeiras não conseguiu vencer o Atlético-PR, neste domingo (06), dentro do Allianz Parque, em mais uma partida válida pelo Campeonato Brasileiro

Com caras novas entre os 11 titulares, o Verdão sofreu um gol ainda no primeiro tempo do duelo com os paranaenses e não conseguiu igualar o placar. Minutos depois do término do confronto deste fim de semana, o técnico Cuca avaliou o desempenho do Alviverde.

“Não fizemos um bom primeiro tempo, tomamos um gol de bola parada, o que não acontecia havia algum tempo. Méritos do Atlético-PR. A bola não entrou, o Weverton fez boas defesas. Se entra uma bola, fatalmente a chance de entrar a segunda é grande. Tentamos, dentro das nossas possibilidades, mudar a equipe. No segundo tempo, acho que melhoramos bastante, mas não foi o suficiente para conseguirmos a vitória”, afirmou, comentando sobre os jogadores escolhidos para o embate diante do Furacão.

O treinador concedeu entrevista coletiva após o jogo contra o Atlético-PR. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O treinador concedeu entrevista coletiva após o jogo contra o Atlético-PR. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

“A responsabilidade de colocar uma equipe alternativa é do treinador. E, se o resultado não vem, não tem outro responsável. Tenho confiança em todos os jogadores. Mesmo se joga com os titulares, não temos a certeza da vitória. O que fizemos foi dar ao time titular a condição de estar 100% em todos os sentidos na quarta (contra o Barcelona-EQU, pela Libertadores). Não é poupar, mas dar a condição ideal para render 100% na quarta. Jogamos com um time que não está com ritmo de jogo”, declarou.

Cuca também mostrou satisfação com o retorno do meia Moisés, que ficou quase seis meses sem jogar por conta de uma grave lesão.

“A entrada dele foi providencial para a equipe porque ele entrou para chamar o jogo, ter a visão do jogo e a colocação de inteligência que ele tem em algumas jogadas. Com a entrada dele, o Tchê Tchê melhorou muito, fez um bom jogo. O próprio Fabiano subiu mais. Tivemos muitos lances de a bola passar onde tem de colocar para dentro, mas infelizmente não aconteceu”, finalizou.

O próximo compromisso do Palmeiras será na quarta-feira (09), às 21h45, contra o Barcelona-EQU, pelo jogo de volta das oitavas de final da Conmebol Libertadores Bridgestone. Já no domingo (13), às 16h, será a vez de visitar o Vasco, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post