Com dois gols de Deyverson, Palmeiras bate o Flamengo no Allianz Parque

O Palmeiras recebeu o Flamengo na tarde deste domingo (12), no Allianz Parque, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro e superou o rival carioca por 2 a 0, com gols de Deyverson

O resultado fez com que o Verdão subisse uma posição na tabela: agora ocupa a terceira colocação do campeonato, com 57 pontos, e irá dormir nesta colocação – só voltará a ser o quarto colocado em caso de vitória do Santos, que joga na noite desta segunda-feira (13).

A 34ª rodada do Nacional se iniciou tendo o Verdão como dono do ataque mais positivo da Série A do Brasileirão de forma isolada. Os gols de Deyverson ajudaram o time palestrino a aumentar essa marca expressiva: o time agora soma 53 bolas na rede, três a mais do que o Grêmio, segundo colocado neste quesito, que possui 50.

O resultado positivo fez com que o Verdão defendesse um tabu positivo. Já incluindo o encontro desta tarde entre o Alviverde e o Rubro-Negro, pela 34ª rodada, o Palmeiras acumula uma sequência invicta que agora aumentou para sete jogos – foram quatro vitórias e três empates. Os embates aconteceram no Allianz Parque (três vezes, sendo duas vitórias e um empate), no Maracanã (uma vitória), no Mané Garrincha (uma vitória) e no Luso–Brasileiro (um empate).

Individualmente, Keno e Fernando Prass tiveram o que comemorar. Enquanto o atacante alviverde completou 50 jogos com a camisa do Verdão, o atual camisa 1 ultrapassou o volante Márcio Araújo e se isolou como segundo jogador com mais atuações pelo Palmeiras neste século: agora são 253 jogos. O líder deste ranking é o ex-goleiro Marcos, com 391 partidas. Em número de vitórias, Prass já havia se tornado o segundo do século – hoje possui 137 triunfos no time (São Marcos também lidera essa lista, com 180 resultados positivos).

O Verdão volta a campo para duelar contra o Sport, em jogo que será novamente disputado no Allianz Parque, na próxima quarta-feira (16), às 20h (de Brasília) pela 35ª rodada do Brasileirão. Em seguida, o Alviverde tem como adversários nessa reta final de campeonato o Avaí, em Florianópolis, o Botafogo, em casa, e o Atlético-PR, em Curitiba.

Allianz Parque

O Palmeiras se aproxima cada vez mais da importante marca de 100 partidas na história do Allianz Parque. Já contabilizando a partida diante da equipe carioca neste domingo (12), ao todo, o time alviverde já disputou 92 duelos no local, sendo 60 vitórias, 16 empates e 16 derrotas. O Verdão marcou 167 gols e foi vazado 76 vezes.

O maior artilheiro da história da arena é o atacante Dudu, que já balançou as redes 20 vezes. Enquanto isso, o goleiro Fernando Prass lidera o ranking de atletas que mais atuaram (77 vezes) e mais venceram (51 triunfos) no Allianz Parque. Já o técnico que mais comandou o Alviverde no local é Cuca, que dirigiu o time em 35 oportunidades.

A maior sequência de vitórias do Palmeiras no Allianz Parque é de oito triunfos – a marca foi estabelecida duas vezes. A primeira vez aconteceu entre fevereiro e abril de 2015, enquanto a mais recente foi alcançada entre abril e junho de 2016. Já a maior série invicta na arena (considerando apenas o período Allianz Parque – a partir de 2014) é de 28 jogos: começou a ser construída em 2016 e perdurou até esta temporada.

Considerando os jogos realizados no local em todos os tempos, independentemente da fase física da casa palmeirense, a maior sequências sem derrotas foi imposta nos anos 80 (entre 1986 e 1990), com 68 jogos invictos – é a melhor marca sem reveses de uma equipe dentro de seu próprio estádio no mundo todo.

O jogo

O Palmeiras entrou no Allianz Parque determinado a vencer o Flamengo pela 34ª rodada do Brasileirão. As principais novidades no time foram Felipe Melo no meio de campo, Luan formando dupla de zaga ao lado de Edu Dracena e Michel Bastos na lateral esquerda.

A partida começou com o Verdão atacando o Flamengo em direção ao Gol Norte. Nos minutos iniciais da partida, o torcedor presente no Allianz Parque viu movimentações promissoras para os dois lados. No entanto, não demorou muito e o Verdão passou a dominar o prélio.

Logo aos 13 minutos o Palmeiras abriu placar com Deyverson, que recebeu belíssimo passe do meia Moisés. De muito longe, o camisa 10 lançou a bola na grande área: o atacante alviverde dominou e chutou de pé esquerdo, vazando a meta rival. (Palmeiras 1×0 Flamengo)

A confiança do grupo palmeirense veio junto com o gol. A partir do momento em que balançou as redes rubro-negras, o Verdão passou a praticamente anular as jogadas do Flamengo.

Nas poucas vezes em que ofereceu perigo, o time carioca não foi cirúrgico. Ao longo do primeiro tempo, a defesa do Alviverde foi um dos grandes destaques pela eficiência. Além de Edu Dracena e Luan na zaga, e de Michel Bastos na lateral esquerda, o setor defensivo do time comandado pelo técnico Alberto Valentim também tinha Fernando Prass no gol e Mayke na lateral direita.

Aos 35 minutos, a estrela de Deyverson brilhou novamente. Dessa vez, o atacante aproveitou uma bola sobrada na grande área após Keno ter acertado em cheio o travessão. De cabeça, Deyverson mergulhou e ampliou a vantagem esmeraldina, dando mais tranquilidade para o time da casa na reta final do primeiro tempo. (Palmeiras 2×0 Flamengo)

Deyverson marcou os dois gols da vitória palestrina neste domingo (12). (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Deyverson marcou os dois gols da vitória palestrina neste domingo (12). (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Após encontrar o segundo gol, o Verdão apenas administrou o placar da partida para voltar para o segundo tempo com a vantagem obtida. Antes de a primeira etapa ser encarrada, ainda deu tempo de Fernando Prass fazer grande defesa na cobrança de falta de Cuéllar, aos 42 minutos.

Para a segunda etapa, o Verdão voltou a campo com o mesmo time escalado no primeiro tempo. O Flamengo voltou tentando impor um ritmo mais frenético na partida, mas foi freado pelo Palmeiras, que vinha muito ligado e que jogava de forma impecável taticamente.

Titular pela primeira vez desde julho, Felipe Melo foi substituído pelo volante Thiago Santos aos 12 minutos e saiu aplaudido pelos mais de 27 mil torcedores que compareceram para apoiar o time no Allianz Parque.

Dois minutos em campo foram suficientes para Thiago Santos agitar a defesa flamenguista. O meio-campista palmeirense cabeceou forte, mas a grande defesa de Diego Alves impediu que o Verdão chegasse ao terceiro gol. Na sequência do lance, a bola ainda sobrou novamente para a equipe do Palmeiras, mas houve um bate-rebate e a bola não entrou.

Sem grandes sustos, o Palmeiras conduziu a partida até o apito final com autoridade. Jean ainda entrou no lugar de Mayke aos 25 minutos para renovar o fôlego na lateral direita, enquanto Tchê Tchê deu lugar a Zé Roberto aos 37 – o veterano de 43 anos voltou a atuar pela primeira vez desde setembro.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post