Palmeiras vence Novorizontino por 3 a 0 e garante vantagem nas quartas

No primeiro duelo das quartas de final do Campeonato Paulista, o Palmeiras venceu o Novorizontino por 3 a 0, em Novo Horizonte-SP

Com gols de Dudu, Willian e Keno, o Verdão assegurou uma boa vantagem para a partida de volta. A equipe pode perder por até dois gols de diferença e ainda se classificar para as semifinais da competição.

Palmeiras e Novorizontino voltam a se enfrentar na quarta-feira (21), às 21h45, no Allianz Parque, para definir quem se classifica para a próxima fase do Paulistão.

O jogo

Nos primeiros minutos de bola rolando, as duas equipes faziam um jogo equilibrado. Dono da terceira melhor campanha da primeira fase, atrás apenas de Palmeiras (com a melhor campanha isolada) e Corinthians, o Novorizontino tentava fazer valer o mando de campo no duelo de ida das quartas de final do Estadual. As primeiras chances de abrir o placar foram da equipe do interior.

Aos sete, Jean Carlos recebeu cruzamento pela direita e acertou a trave do goleiro Jailson. Pouco tempo depois, foi a vez de Alisson Safira de cabecear contra o gol alviverde. A bola passou perto da trave e saiu pela linha de fundo.

Porém, passados os 15 minutos iniciais, o Verdão começou a comandar as ações do jogo e a jogar sempre no campo de ataque. Aos 18, Lucas Lima fez cruzamento certeiro para Borja, no meio da área. O colombiano foi derrubado por Rony e o árbitro Flavio Rodrigues de Souza assinalou pênalti. Completando 175 jogos pelo Palmeiras, número que o coloca no Top 100 de jogadores que mais vestiram o manto palestrino, Dudu cobrou no canto direito do goleiro Oliveira, para inaugurar o marcador em Novo Horizonte. (Novorizontino 0 x 1 Palmeiras)

Dudu fez o primeiro gol na vitória por 3 a 0 contra o Novorizontino. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Dudu fez o primeiro gol na vitória por 3 a 0 contra o Novorizontino. (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Tentando aproveitar o bom momento na partida, os palmeirenses continuaram marcando presença no ataque e buscando gol do Novorizontino. Aos 24, Willian fez ótima jogada de velocidade pela direita, driblou o zagueiro e bateu cruzado para grande defesa de Oliveira, que impediu o segundo gol alviverde.

O primeiro tempo seguiu no mesmo ritmo até o apito do juiz, com o Palmeiras valorizando a posse de bola e trocando passes com paciência para achar espaços na marcação adversária. Dudu e Willian se movimentavam bem pelos lados do campo, mas as finalizações foram poucas após o primeiro gol.

A equipe de Roger Machado voltou sem alterações. O início da segunda etapa foi bastante movimentado, tanto por parte dos mandantes quanto dos visitantes. Querendo se manter vivo no confronto, o Novorizontino buscava aproveitar os contra-ataques. Aos sete, Thallyson partiu em velocidade e fez o levantamento para Alisson Safira. O atacante cabeceou firme, mas Jailson, em uma defesa espetacular, saltou para espalmar. Pouco depois, foi a vez de Victor Luis fazer um milagre e tirar o chute de Cleo Silva em cima da linha.

A resposta alviverde veio logo em seguida. Aos oito, Marcos Rocha disparou em contra-ataque e lançou para Willian, que bateu na saída do goleiro. A bola passou raspando a trave esquerda. Aos 16, Lucas Lima acertou lindo passe para Dudu, que aparecia livre pela direita. O capitão palestrino finalizou de carrinho para defesa de peito do goleiro Oliveira.

Roger Machado fez sua primeira alteração aos 20 minutos do segundo tempo. O técnico promoveu a entrada de Keno na vaga do colombiano Borja. Depois, aos 27, Lucas Lima deu lugar a Alejandro Guerra no meio de campo.

O ritmo do jogo diminuiu, principalmente por parte do Novorizontino, que ainda buscava o empate em contra-ataques e lances de bola parada, mas não conseguia passar pelos zagueiros palmeirenses e por Jailson. O Verdão, no entanto, continuava tentando ampliar. Aos 31, Keno lançou para Willian, entre os zagueiros adversários. O atacante fintou o goleiro Oliveira com estilo e marcou o segundo da equipe alviverde. (Novorizontino 0 x 2 Palmeiras)

Aos 37, Moisés entrou no lugar de Felipe Melo. O Palmeiras ainda teve tempo para marcar mais um gol antes do apito final. Aos 43, Marcos Rocha cruzou, Willian dividiu com Anderson Salles e, na sobra, Keno mandou uma bomba de pé direito para fechar o placar. (Novorizontino 0 x 3 Palmeiras)

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post