Oswaldo elogia estreia de Gabriel Jesus, mas avisa: ‘Temos de resguardá-lo’

Acostumado a lidar com jovens valores, o técnico Oswaldo de Oliveira prefere ser cauteloso com o garoto de 17 anos, que foi um dos destaques do Palmeiras na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

O Palmeiras voltou a campo neste sábado (07), no Allianz Parque, e não decepcionou os mais de 29 mil torcedores presentes na arena palestrina. Mesmo com algumas mudanças na equipe titular, o Verdão atuou de forma segura e venceu o Bragantino por 1 a 0, alcançando assim a sua quinta vitória consecutiva no Campeonato Paulista – com 18 pontos conquistados, o clube lidera o Grupo 3 do torneio regional.

Além do bom resultado diante do time do interior paulista, o palmeirense que estava nas arquibancadas do Allianz Parque também pôde ver de perto a estreia do atacante Gabriel Jesus como atleta profissional. Acostumado a lidar com jovens valores, o técnico Oswaldo de Oliveira, porém, prefere ser cauteloso com o garoto de 17 anos, que foi um dos destaques do Palmeiras na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano.

Ouça a entrevista de Oswaldo de pois da partida

 

 O técnico Oswaldo de Oliveira aprovou o desempenho de Gabriel Jesus no sua primeira partida como jogador profissional do Verdão
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

O técnico Oswaldo de Oliveira aprovou o desempenho de Gabriel Jesus no sua primeira partida como jogador profissional do Verdão

“Temos uma expectativa muito positiva e otimista, mas temos de resguardá-lo e tomar cuidado com coisas que não são convenientes para um menino da idade dele, que, de repente, vê-se cercado de tanta euforia sem ele ter produzido alguma coisa. Temos de ter muito controle sobre isso, mas ele é um garoto muito centrado, reage muito bem. Sempre digo que ele tem duas propriedades importante para um craque: uma é a coragem e a outra é a humildade. Muitos tem bola, mas, se não tiver essas duas coisas, dificilmente progredirá”, disse.

Nova era? Jesus ‘repete’ Neymar e estreia com festa e bons lances

Pós -jogo – “Quero ser ídolo no Palmeiras!” – Ouça agora!

O primeiro duelo de Gabriel com o manto alviverde foi visto como positivo pelo comandante. “Tem um ponto de vista muito legal, mas, por outro lado, fico um pouco preocupado. O entorno é muito pesado ainda para ele, mas é bom porque ele vai criando anticorpos. Eu gostei, teve uma participação dinâmica e fez algumas coisas diferentes. Foi um primeiro passo interessante para o Gabriel”, comentou, reforçando a importância das categorias de base do Verdão.

“Temos o Renato, o Vitor Luis, o Nathan, que estava no banco… Acho legal ter essa referência, é importante ter essa reciclagem no futebol. À medida que o tempo passa, os jogadores antigos se aposentam e abrem espaço. É importante ter uma reposição pronta para o jogador não sentir tanto a transição. Temos de trabalhar bastante neste sentido, em contato com as divisões de base do Palmeiras, para que continue tendo esta sequência”, falou.

Por fim, Oswaldo demonstrou muita satisfação com mais um triunfo no Paulistão. “Aconteceu tudo dentro do planejado, sabíamos que teríamos dificuldades, mas nem tanto pela falta de entrosamento, até porque esse grupo já vem trabalhando há muito tempo, mas pelo fato de esses jogadores não jogarem frequentemente. Mas acho que o grande obstáculo foi a postura do adversário, que estava muito bem postado defensivamente, abdicando, principalmente no primeiro tempo, de ficar com a bola. Como a gente costuma falar, eles jogaram no erro, jogaram por uma bola”, finalizou o técnico.

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post