Em primeira coletiva, Galiotte promete atenção especial ao futebol

Minutos após ser eleito o novo presidente do Palmeiras para o biênio 2017/18 na noite deste sábado (26), Mauricio Galiotte concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol

O dirigente, que reforçou a importância de prosseguir com o ótimo trabalho realizado pelo atual mandatário do Verdão, Paulo Nobre, também destacou o desejo de manter o time palestrino na briga por títulos durante as próximas temporadas. Outro tema abordado por Galiotte foi o clube social, que, segundo ele, será tratado com carinho durante o seu mandato.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista coletiva de Mauricio Galiotte:

Expectativa da gestão

“A nossa ideia é fazer com que o modelo de gestão que implementamos nos últimos anos tenha continuidade. Obviamente temos assuntos que são prioridade na Sociedade Esportiva Palmeiras, e daremos toda a atenção a eles. No futebol profissional, sem dúvidas, temos a obrigação de sermos protagonistas, temos de brigar por títulos em todos os campeonatos que disputarmos. Responsabilidade administrativa e financeira sempre foi o ícone da nossa gestão, também manteremos a profissionalização. Manteremos o processo com profissionais ganhadores, e o clube social, que passou por momentos difíceis nos últimos anos, terá uma atenção especial. O associado foi sacrificado, e nós daremos toda a atenção”

Renovações de contratos

“Temos o foco no jogo de amanhã (domingo), o nosso objetivo é ser campeão brasileiro. Trataremos as renovações após o término do Campeonato Brasileiro”

Pressão para manter bom momento do clube

“O momento é muito positivo, assumir a presidência da Sociedade Esportiva Palmeiras é de muita responsabilidade, sendo antes ou depois de um título. Claro que a euforia, a empolgação e a alegria do nosso torcedor são latentes neste momento, mas a responsabilidade existe sempre”

Permanência do técnico Cuca

“Ele está no Palmeiras, está o tempo todo conosco. Nós não conversamos com o Cuca sobre valores, mas nós estamos todos os dias em contato com o Cuca. Hoje ele participa do nosso grupo de trabalho”

“Como você analisa um profissional? Com metas, objetivos e trabalho que se avalia no dia a dia. E o Cuca obviamente é muito bem avaliado. Se houver possibilidade e chegarmos a um denominador comum, eu e todos os palmeirenses gostaríamos que o Cuca ficasse”

Fechamento da Rua Palestra Italia em dias de jogos

“A relação com a torcida é um tema, e o fechamento da Rua Palestra Italia é outra situação. O fechamento da Rua Palestra Italia é uma solicitação da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública em decorrência dos furtos e comércios ilegais. A Polícia Militar achou por bem esse tipo de atitude. Não compete ao Palmeiras dizer o que a Polícia Militar tem de fazer ou não. Mas, que a festa da torcida é maravilhosa, isso não temos dúvidas”

Maurício Galiotte assume a presidência no próximo mês. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Maurício Galiotte assume a presidência no próximo mês. (Fabio Menotti/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Relação com patrocinadores

“Cada um de nós tem um perfil e uma maneira de tratar assuntos. A Crefisa e a FAM (Faculdade das Américas) foram fundamentais para o Palmeiras nesses últimos anos de reconstrução, foram fundamentais nesses dois últimos anos. O contrato com a Crefisa só vencerá em janeiro. Durante este período, nós tivemos uma diferença de expectativa e conseguimos superá-la. Hoje a Crefisa está absolutamente confortável com o contrato que tem conosco, e o Palmeiras da mesma maneira. Podemos concluir que é uma parceria de sucesso”

Reforma do estatuto

“A reforma estatutária ainda não foi colocada em prática, mas o grupo de trabalho está com o assunto em pauta. E nós, da Diretoria Executiva, daremos todo o apoio necessário para que os assuntos da reforma sejam aprovados o mais rapidamente possível. Óbvio que é um tema amplo e que demanda tempo para chegarmos a um denominador comum”

Ajuda de Paulo Nobre na gestão

“O objetivo é dar continuidade ao trabalho dos últimos anos, pouco importa qual será a denominação da função do presidente Paulo Nobre. O importante é que ele está 100% à disposição para quando tivermos necessidade”

Disputa da Copa Libertadores

“É um novo modelo de Libertadores, todos nós aprenderemos um pouco. Mas temos de trabalhar com foco em todas as competições de 2017”

Reforços para 2017

“Não podemos falar sobre contratações. A gente não trata deste assunto antes que tenhamos tudo definido”

Eleição tranquila

“A paz política é consequência dos resultados. É o momento que o Palmeiras vive, reconhecimento das pessoas e do universo político por tudo o que está ocorrendo e o caminho que estamos tomando. O principal é o reconhecimento do trabalho, o momento de todos e o momento do Palmeiras”

Relação com WTorre

“A parceria entre Palmeiras e WTorre é de 30 anos. Temos um relacionamento institucional. Temos as nossas diferenças, todos conhecem, mas são discutidas na arbitragem”

Possível título do Brasileirão

“É um momento especial para o palmeirense. A expectativa para o jogo de amanhã (domingo)… Todos nós trabalhamos para entregar alegria, satisfação e orgulho ao torcedor palmeirense, esse é o nosso objetivo esportivamente. Fui eleito, mas a posse é somente dia 15 de dezembro, portanto o presidente do título é o Paulo Nobre”

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post