Com grande primeiro tempo, Palmeiras goleia Bahia no Allianz Parque

Pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras goleou o Bahia por 3 a 0, em um jogo de primeiro tempo movimentado, no Allianz Parque, na noite deste sábado (19)

O Verdão marcou logo aos três minutos, com Willian, e foi superior ao adversário durante a maior parte do tempo. Antônio Carlos e Borja completaram o placar ainda na etapa inicial.

Com a vitória, a equipe palestrina chegou a 11 pontos conquistados no Brasileirão e subiu na classificação da competição. Atualmente, o Alviverde ocupa a terceira posição, com a mesma pontuação do segundo colocado, o Flamengo, que empatou com o Vasco também neste sábado e leva vantagem no saldo de gols – outros sete jogos no domingo e na segunda-feira completam a rodada.

Com o resultado, o Verdão aumenta sua sequência positiva contra a equipe nordestina. O Maior Campeão do Brasil não perde para o rival desde 2012. Neste intervalo, os times se enfrentaram em seis ocasiões, com quatro vitórias do Palmeiras e outros dois empates. No retrospecto geral, são 50 confrontos, sendo que 27 deles foram vencidos pela equipe alviverde, 14 terminaram em igualdades e em apenas nove oportunidades o Bahia saiu vitorioso.

O duelo de hoje foi especial para Keno e Willian. O camisa 11 completou 80 partidas com a camisa verde e branca, enquanto o seu companheiro de ataque chegou a 29 jogos na temporada e se isolou como atleta que mais esteve em campo no ano, superando Dudu – o número 7 tem 28 e, suspenso por três cartões amarelos, não atuou contra o tricolor baiano.

Pela competição de pontos corridos, o Palmeiras volta aos gramados no próximo sábado (26), às 19h, quando recebe o Sport no Allianz Parque. Antes disso, o time enfrenta o América-MG pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, também em seu estádio, na quarta-feira (23), às 21h45, depois de vencer o primeiro duelo por 2 a 1.

O jogo

A equipe de Roger Machado veio a campo com uma escalação diferente da última rodada. Após cumprir suspensão contra o Corinthians, o volante Felipe Melo voltou ao time titular para completar seu 55º jogo pelo Verdão. O camisa 30 usou a faixa de capitão no duelo desta noite. Além dele, outra novidade foi o atacante Willian, que substituiu o suspenso Dudu.

O torcedor que chegou um pouco atrasado ao Allianz Parque neste sábado não viu o Palmeiras abrir o placar. Logo aos dois minutos do primeiro tempo, antes do adversário ter qualquer chance de ameaçar o gol de Jailson, Keno lançou o centroavante Borja em uma jogada de velocidade do ataque alviverde. O camisa 9 disputou com os zagueiros, invadiu a área e tocou para Willian, frente a frente com o goleiro Douglas Friedrich, empurrar para o fundo das redes. Foi o sétimo gol do atacante na temporada – agora, o camisa 29 é vice-artilheiro do time no ano ao lado de Keno e atrás apenas de Borja. (Palmeiras 1 x 0 Bahia)

Willian recebeu passe de Borja para abrir o placar no Allianz Parque. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

Willian recebeu passe de Borja para abrir o placar no Allianz Parque. (Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Lutando para sair da zona de rebaixamento, o Bahia procurou responder rapidamente. Aos cinco, Vinicius tentou marcar de fora da área, mas a bola desviou em Edu Dracena e saiu pela linha de fundo. Aos nove, Lucas Fonseca ficou muito perto do gol de empate após desviar o cruzamento de Léo. A finalização do zagueiro tricolor acertou o travessão. Os visitantes ainda tiveram outra boa chance aos 14 minutos. Zé Rafael, no entanto, chutou fraco e Jailson fez boa defesa.

Depois disso, o Verdão passou a ser superior ao seu adversário na partida novamente. Antônio Carlos, de cabeça após cobrança de escanteio, e Willian, no rebote, tiveram chances de ampliar. O zagueiro, porém, finalizou para fora e o atacante parou nas mãos do arqueiro tricolor.

Antônio Carlos não conseguiu marcar seu gol na primeira chance que teve, mas não desperdiçou a segunda. Aos 32, Marcos Rocha cobrou escanteio curto, recebeu a bola de volta de Lucas Lima e cruzou rasteiro. O zagueiro palmeirense, desta vez com os pés, apareceu na pequena área para completar. (Palmeiras 2 x 0 Bahia)

Sem desistir, a equipe baiana tentou responder com uma bicicleta de Zé Rafael. Apesar do lance bonito executado pelo meio-campista, a bola passou por cima do gol alviverde. Enquanto o adversário não conseguia converter as oportunidades que criava, o Palmeiras fazia exatamente o contrário.

Aos 41, foi a vez do artilheiro alviverde na temporada deixar o seu. O atacante Borja recebeu belo passe na diagonal de Lucas Lima e chutou forte na saída de Douglas Friedrich para marcar seu 15º gol da temporada e primeiro no Campeonato Brasileiro. Já o camisa 20, que já era o líder de assistências da equipe, anotou seu oitavo toque para gol no ano. (Palmeiras 3 x 0 Bahia)

Antes do final da primeira etapa, Keno ainda colocou a bola no fundo do gol pela quarta vez na noite. Desta vez, porém, o auxiliar assinalou impedimento do ataque palmeirense.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo. A partida era menos movimentada na etapa complementar. Com vantagem confortável no placar, o Palmeiras trocava passes com tranquilidade. Já o Bahia, por sua vez, não conseguia superar o bem postado sistema defensivo palestrino.

Quando passava pelos zagueiros alviverdes, o time de Guto Ferreira encontrava Jailson pela frente. Aos 20, o goleiro fez grande defesa no chute de Gregore. O camisa 42 realizou outra grande intervenção aos 27, após Zé Rafael mandar uma bomba na direção do gol em cobrança de falta.

Aos 26, Roger Machado fez sua primeira alteração e promoveu a entrada de Hyoran no lugar do artilheiro Borja. As outras duas alterações foram feitas aos 33 e 36 minutos, quando Thiago Santos e Alejandro Guerra entraram nas vagas de Felipe Melo e Keno, respectivamente.

O Palmeiras foi pouco ameaçado no final segunda etapa e ainda teve chances de ampliar a goleada. Willian, aos 29, perdeu a melhor delas após receber ótimo passe de Keno, ficar livre frente ao gol e acertar o travessão com chute de pé esquerdo. O próprio camisa 29 e Guerra tiveram outras oportunidades de marcar o 4º, mas não conseguiram convertê-las e a partida terminou em 3 a 0.

Escalação: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Borja (Hyoran) e Keno (Alejandro Guerra).

Cartões amarelos: Borja, Lucas Lima e Antônio Carlos.

Gols

Palmeiras: Willian (2’ – 1º Tempo), Antônio Carlos (32’ – 1º Tempo) e Borja (41’ – 1º Tempo).

Veja mais

Autor: MP

Canal feito por palmeirenses e para palmeirenses. Notícias e opiniões com uma dose de arquibancada. Nossa missão é garantir informação de qualidade sobre a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Compartilhe Este Post