Oriundo da Bancada

Thiago Oliveira

Thiago Oliveira

Autor: Thiago Censi

Perfil: Morador da Pompéia desde que nasceu, Comunicólogo por formação e que atua profissionalmente na Indústria Farmacêutica. Minha única certeza nesta vida é a de que nasci Palmeirense e a de que morrerei ainda mais Palmeirense. Passional; impulsivo; incentivador e orgulhoso.

Informações do torcedor

Sócio do Clube? – Sim
Sócio Avanti? – Sim
É membro de alguma organizada do Palmeiras? Não
Expectativa para 2015: Expectativa de um Palmeirense tem que ser sempre o maior: ser campeão. Porém, temos a consciência que o futebol não é uma ciência exata e, pelo time estar em formação, talvez alguns percalços naturais nos tire essa condição. Em tempo, campeão Paulista e vaga na Libertadores considero um ano positivo
Setor do estádio onde costuma assistir ao jogo? Gol Norte inferior
Ídolo: São Marcos
Religião: A Fé
Um lugar: Rua Turiassu x Rua Caraíbas
Jogo inesquecível: Palmeiras x Cruzeiro – final da Copa do Brasil de 1998, no Morumbi
Gol inesquecível: Galeano, em 2000, contra eles na semifinal da Libertadores
Gol “qualquer” inesquecível: Cleiton Xavier, contra o Colo-colo
Um milagre de São Marcos: defesa do pênalti do Marcelinho, na semifinal da Libertadores em 2000
Pior jogador que viu em campo: Rivaldo genérico
O melhor treinador: Luiz Felipe Scolari, o Felipão
O pior treinador: Antônio Carlos Zago
Um sonho: ver o Palmeiras campeão mundial presencialmente
Palmeirense desde: o ventre da mama

Contato: E-mail (em breve)


A falta de consideração com a torcida palmeirense

Escrito por on 6:00 PM in Destaque, Oriundo da Bancada | 0 comments

A falta de consideração com a torcida palmeirense

Em sua coluna Oriundo da Bancada, Thiago Censi expõe sua opinião sobre os valores e setores praticados para partida contra o Grêmio, no Pacaembú.

Leia Mais

O ano que vem chegou para Sociedade Esportiva Palmeiras

Escrito por on 5:30 PM in Destaque, Notícias, Oriundo da Bancada | 0 comments

O ano que vem chegou para Sociedade Esportiva Palmeiras

Coluna do Thiago Censi explanando seu ponto de vista sobre o ano de 2015.

Leia Mais

Levanta, sacode a poeira…

Escrito por on 6:30 PM in Destaque, Oriundo da Bancada | 0 comments

Levanta, sacode a poeira…

Há pelo menos 5 anos nos tiraram, até mesmo, o direito de sonhar.

Hoje não. Hoje temos um norte!

Leia Mais

O Processo de Transição entre a Categoria de Base e o Profissional

Escrito por on 7:30 PM in Oriundo da Bancada | 0 comments

O Processo de Transição entre a Categoria de Base e o Profissional

Revelar jogadores com qualidade e que rendam frutos – esportivos; de marketing e financeiros – ao time, sempre foi e sempre será um dos principais pilares na administração dos clubes de futebol.

Leia Mais

Palmeiras de todos, por Thiago Censi

Escrito por on 2:00 AM in Destaque, Oriundo da Bancada | 0 comments

Palmeiras de todos, por Thiago Censi

O Palmeiras de todos A união faz a força. Essa velha máxima se aplica a todos os segmentos da nossa vida – seja ela pessoal ou profissional. No caso da Sociedade Esportiva Palmeiras, ao longo de nossa vitoriosa história, a união talvez seja o adjetivo que mais se encaixe no contexto histórico do Palmeiras. Como esquecer a “Arrancada Heroica” em 1942? Como esquecer o episódio em que os inimigos do Jd. Leonor tentaram roubar o nosso Palestra Itália e JUNTOS impedimos? Como esquecer a mudança de nome, por conta da segunda guerra mundial, de Palestra Itália para Palmeiras? Morremos líderes e nascemos campeões. Essas passagens mencionadas acima refletem bem que o nosso Palmeiras sempre teve: UNIÃO, acima de tudo para superar os momentos mais difíceis dos seus 100 anos. Uma união de todos os povos e raças: italianos ou brasileiros, negros ou brancos, ricos ou pobres. Infelizmente nos dias atuais venho com a sensação que a união alviverde está balançando. No último dia 13/02, sexta-feira, a Escola de Samba Mancha Verde, apresentou o desfile sobre a história centenária do Palmeiras. Cantou e encantou Palmeiras ao Brasil, ao mundo. Na apuração que ocorreu na terça-feira, dia 17/02, as notas não foram as esperadas e a Escola foi rebaixada ao grupo de acesso. A queda da Mancha Verde teve uma repercussão muito grande e o que mais me espantou, foi a alegria de muitos “palmeirenses” com o rebaixamento da Escola. Esse tipo de atitude, na minha visão, vai contra toda união histórica que a comunidade alviverde sempre teve e mostrou. Esse desentendimento entre as muitas faces do Palmeiras (torcedores comuns, torcedores organizados, entre organizadas, chapas politicas dentro do clube) precisa acabar. Somos TODOS Palmeiras no final do dia. Quero deixar claro que não defendo torcedor organizado  – até por que nunca fui um – e também não defendo o comum. Defendo o PALMEIRAS e a união de todos os palestrinos. Seja uniformizado ou não. Seja da chapa A ou da chapa B. Nestes últimos 14 anos passamos por tantas dificuldades e sempre nos mantivemos firmes e ao lado do Palmeiras, independente de divisão; política; dirigentes; times e etc. Se já somos fortes assim, com a união de todos seremos IMBATÍVEIS. Por um Palmeiras de TODOS e para TODOS. Avanti Palmeiras! <—Voltar...

Leia Mais

Muito prazer, Thiago!

Escrito por on 9:30 AM in Oriundo da Bancada | 0 comments

Muito prazer, Thiago!

Quero colocar-me à disposição dos leitores e companheiros palestrinos para críticas e/ou sugestões, além de disponibilizar este espaço para debates que possam engrandecer e agregar ao Palmeiras. Quem sabe nossa voz não é ouvida, amigos!

Leia Mais